Trepando com a depiladora

Publicado em agosto 5, 2022
0 votes

Sou cliente de uma das clínicas mais renomadas de depilação da minha cidade, fazem anos que utilizo os seus serviços. Há mais ou menos 6 meses ela passou por uma reforma, os antigos donos venderam para uma franquia de procedimentos estéticos de grande porte. Com o aumento do novo espaço várias novas depiladoras foram contratadas e foi nesta ocasião que eu conheci Michele. Desde a primeira vez que bati o olho sobre aquela jovem atenciosa esteticista confesso que fiquei impactada, sou lésbica assumida, então aquela loira dos olhos azuis me deixou babando. Ela era nova na cidade, estava de mudança neste mesmo mês, apesar de toda sua exuberância, ela não era tão feminina quanto eu. Fora do uniforme em tons de rosa que todas as funcionárias usavam, ela se vestia com roupas largas sem muita modelagem, estava sempre com correntes de prata e boné. Esse era o tipo de mulher que me atraía, menos afeminada possível. Em frente a clínica havia um Pub que abria por volta das 17:00 e eu já tinha visto Michele o adentrando às sextas feiras logo no findar do seu expediente. Naquele dia eu fui primeiro como quem não queria nada, sentei bem próximo ao balcão que servia bebidas quentes. Já se passavam das 19:00 e nada de Michele chegar. Levantei, paguei a minha conta e resolvi ir embora para casa, quando me deparo com ela entrando no estabelecimento. Não pude conter os olhos, que se fixaram imediatamente nos seus seios sem sutiã por baixo de um camisão largo. Ela cordialmente me cumprimentou, mas eu resolvi ir embora, afinal ela estava acompanhada. Desanimada, acabei passando no supermercado, o que me restaria seria apenas uma sessão filminho para finalizar a noite. Eu participava do grupo de whatsapp da clínica, todas as clientes mais antigas estavam ali para receberem diretamente as promoções. De repente chega uma mensagem de Michele no meu privado, com certeza meu número foi encontrado no grupo. Na hora eu não sabia o que responder, esperei por alguns minutos e mandei um oi, ela estava me perguntando onde e o que eu estava fazendo e que gostaria de me encontrar. Estava bem frio e eu a convidei para tomar um vinho aqui no apartamento comigo, ela prontamente me respondeu de forma positiva e assim eu enviei a minha localização.

Resolvi usar a camisola mais bonita que eu tinha, era toda branca com transparência nos seios e na parte de trás. Obviamente eu iria usá-la sem calcinha, mas para dar um tom de elegância colocaria um hobbie longo por cima.

Bebendo vinho e querendo buceta 

Michele interfonou e eu logo a chamei para subir, tudo que eu mais queria era cair de boca naqueles peitos. Quando abri a porta lá estava ela com uma bolsa na mão, igual a que ela usava na clínica. Minha depiladora era Silvana, a funcionária mais antiga, minha confiança nela era total, mesmo sendo mulher é um pouco complicado ficar nua com a buceta exposta na cara de outra pessoa. A moça adentrou o meu apartamento, já estava um pouco mais alegre por causa do álcool, mas ainda assim seu rosto refletia um ar profissional e provocador. Logo a convidei para tomar um vinho, sentei com as pernas cruzadas frente a ela, esperando que não conseguisse resistir ao meu encanto. Papo vai, papo vem, muitas taças de vinho e ela enfim percebeu que eu estava sem calcinha, soltou uma gargalhada me perguntando há quanto tempo eu não me depilava, nossa, eu havia esquecido deste detalhe. Como o mês havia sido muito corrido eu não tinha conseguido um horário disponível com Silvana e acabei postergando o aparo dos meus pelinhos. Michele foi subindo com a mão delicadamente por minha coxa e me perguntou se podia ver. Respondendo de forma positiva fui logo levantando as duas pernas no sofá e deixando minha vagina completamente exposta, ela passou a mão todinha debaixo para cima para conferir a altura dos pêlos. Em sua bolsa estavam todos os seus itens de depilação e ela logo foi me perguntando se podia me depilar, obviamente eu respondi que sim. Discretamente eu já sentia minha bucetinha molhando, ela passou a mão pelo meu grelo e disse que ele era atrevidinho, que achava atraente. Levantei e levei ela até o meu quarto, sabia que não daria altura confortável para que ela pudesse trabalhar, mas isso não foi empecilho, ela então ficou ajoelhada no chão para dar altura, sentindo assim todo cheiro da minha buceta que estava bem próxima a cara dela. Tirei o meu hobbie, deixando toda minha bunda a mostra naquela transparência da camisola, tudo que eu mais queria era provocá-la, e eu consegui. Entramos no meu quarto e ela me mandou tirar a roupa, pediu para que eu deitasse na ponta da cama com as pernas abertinhas para ela. Levantou uma perna minha e depois a outra, mais uma vez o meu grelo ficava exposto.

Meu nível de excitação estava muito perceptível, eu conseguia sentir o meu cheiro naquele ambiente. Michele abriu sua bolsa e tirou um creme com cheirinho de baunilha, me pediu licença e começou a massagear toda minha vagina.

Sexo Oral na depilação

 Meus pelinhos estavam salientes, mas eu nunca havia cogitado a possibilidade de transar sendo depilada, aquilo seria o tanto quanto revolucionário para mim. Ela passava as pontas dos dedos por toda minha virilha, mais próximo a minha vulva ela abri os meus lábios e esfregava as pontas do dedos com delicadeza. Michele perguntou se eu queria que ela tocasse uma siriria, e eu pedi que fizesse,por favor. O cheiro daquele creme era adocicado, uma delícia, eu estava adorando todo desenrolar daquela situação. Antes que ela passasse a cera para começar o procedimento eu senti sua língua percorrendo o meu cuzinho e chegando no meu clitóris. Quando ela chegava no meu grelinho ia sugando a pontinha até eu beirar o orgasmo. Eu estava escorrendo e ela me chupava com muito tesão. Comecei a segurar suas cabeça no meio das minhas pernas enquanto eu esfregava a minha buceta toda naquela boca carnuda. Em meio a puxões de cabelo eu via aqueles olhos azuis me queimando feito brasa. Ela começou a me penetrar enquanto mantinha sua boca cravada em mim, dei um gemido estridente e gozei na boca em sua boca. Tudo que ela queria era assistir o meu tesão e eu não estava nem um pouco envergonhada. Michele passou o palitinho com cera quente e começou a me depilar, a cada grito que eu soltava, metade era de dor e metade era de tesão. A cada puxada eu ganhava mais uma lambida, essa era a depilação mais safada da minha vida. Depois de depilar toda minha buceta ela me virou de ladinho, me pediu para abrir o bumbum e começou e enfiar a língua no meu cu enquanto massageava o meu grelinho. Gozei muito enquanto ela me perguntava se eu queria pau no cu ou pau na buceta. Eu disse que queria nos dois, foi quando ela tirou um vibrador da bolsa e uma cintaralha. Começou a fazer dupla penetração em mim, eu uivava para que todo prédio ouvisse. Depois de ter chegado ao ápice do meu orgasmo, ela se despiu e sentou na minha cara, eu só conseguia ver aquele cordão de prata balançando em seu pescoço enquanto ela metia toda sua buceta na minha boca. Vesti a mesma cinta e a comi ali, no meu quarto, na minha cama. Ela finalizava a depilação me levando ao extremo prazer. Eu havia ganhado os serviços gratuitos da esteticista mais bonita daquela clínica e ainda tinha recebido uma chupadinha com gostinho de cera quente. Minha bucetinha e meu cuzinho estavam lisinhos, mas eu iria trocar de depiladora, agora só Michele cuidaria dos meus pelinhos salientes.

0 views

Contos relacionados

A novinha do rabo grande ... um cuzinho para comer de gula

A novinha do rabo grande ... um cuzinho para comer de gula

LER CONTO

Comi a secretária casada do meu trabalho

Trabalho como chefe num escritório e tinha uma colaboradora que toda vez que eu passava pela mesa dela, ela ficava olhando com cara de tarada, depois começou ir minha sala sempre com algum...

LER CONTO

Transei com a amiga virgem da minha ex

Olá pessoal! Tenho 18 anos sou solteiro, magro (70kg), 1,70 de altura e um pau de mediano (17cm) moro em uma cidade pequena e esse conto tá fresquinho aconteceu recentemente. Há um tempo atrás...

LER CONTO

Que delícia! Um filminho cheio de sacanagem onde tudo acontece!

Que delícia! Um filminho cheio de sacanagem onde tudo acontece!

LER CONTO

Sedenta por pica gozou na webcam

Eu tenho uma certa estrada já nos caminhos do sexo virtual , desde jovem sempre gostei de me mostrar e de fazer as pessoas do outro lado gozarem como nunca, mesmo se elas nunca tivessem...

LER CONTO

Um jantar especial se tornou um sexo sensacional

Quarta a noite, chega uma mensagem: Amor, vamos jantar hoje?  Meu namorado que na maior parte do tempo me trata como a maior princesa do mundo, mas na cama...o tratamento antes de princesa vai para...

LER CONTO

Comi o cu dela e fui enrabado

Cu foi feito para que? Sou casado e a colega de trabalho também, porém temos um caso já faz mais do que um ano, pelos mesmos motivos, tanto minha mulher não gosta muito de sexo quanto o marido...

LER CONTO

Chupei meu chefe coroa

Oi!!! Tenho 19 anos, trabalho em um grande empresa e seu escritório fica em uma grande avenida aqui da cidade. Ao passar do tempo percebi os olhares de meu patrão a mim, ele me olhava dos pés a...

LER CONTO

Foda perfeita com minha amante

Olá meu nome é Lucas (nome fictício), queria contar pra vocês a foda com minha amante. Era de madrugada ainda tínhamos combinado de se encontrar, ela me ligou mas eu não ouvi mas por sorte vi...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 4 = ?
Deixe sua imaginação aflorar com os melhores contos eróticos reais do Brasil. Contos Picantes e Sensuais com textos bem formulados, com uma leitura fácil e agradável. São centenas de contos adultos grátis da melhor qualidade com fotos amadoras das histórias de sexo.
porno - xvideos - contos eroticos - contos eróticos - conto erotico - quadrinhos eroticos - contos de sexo - hentai - hentai porno
© 2022 - Contos eróticos → Contos Pornô com Histórias Reais de Sexo