Transei com o pedreiro dotado da obra

Publicado em abril 7, 2023

Todo dia eu ia na obra ver como estava, e todo dia eu via aquele homem gostoso, todo suado, escultural, cheio de músculos, um rosto masculino, alto, aiiii…era tudo que eu queria em cima de mim, mas não posso, pois sou casada e meu marido também vai comigo!

Um dia fui e percebi os olhares dele sobre mim, me senti nua, linda, foi muito bom, eu amei a sensação de ser paquerada, desejada, principalmente por aquele homem tão gostoso!

Estava em casa de boa, era fim de tarde, meu marido estava viajando, e recebo uma ligação dizendo:

– Preciso que seu marido venha aqui na obra, precisamos que ele veja e diga como quer, é urgente!

Pedreiro comendo minha buceta molhadinha

E eu respondi:

– Se é tão urgente assim eu posso ir, já fui muitas vezes com ele e estou por dentro de tudo!

E ele disse:

– Pronto, pois estamos lhe esperando!

Como eu conhecia todos e sempre estava por lá não achei errado eu ir aquele horário, então fui.

Chegando lá não vi ninguém, mas fui entrando, e dei de cara com aquele gato novamente, tomei um susto, não sabia que era ele que estaria lá!

Ele falou:

– Oi dona, me desculpe ter que tirar você da sua casa essa hora, mas precisava que visse esse parte, tenho que fazer amanhã cedo, não posso esperar, senão a obra para!

Eu estava nervosa, afinal estávamos sozinhos, eu estava conversando com ele,  quem diria!

Respondi:

– Não, tudo certo, eu estou por dentro da obra, qual e o lugar?

Ele me mostrou, eu disse como poderia ser feito e ficamos papeando sobre, depois o assunto foi se aprofundando, nós começamos a falar sobre o que gostamos de fazer nas horas vagas e tal.

Daqui a pouco ele já estava em cima de mim, não sei como aconteceu, mas estávamos nos beijando em um pegada forte, eu pequena naqueles braços tão fortes e navios, que beijos gostoso, ele puxava minha língua, e metia a dele, parecia um sexo de boca!

Enquanto isso a minha buceta estava minando…ele pegava nela, pegava na bunda, nos seios nas costas, mas pernas, ele era mil e uma utilidades!

Me deitou no chão e disse:

– Posso tirar sua calcinha?

Eu disse:

– Pode!

Eu estava ansiosa pra receber aquele carinho!

Ele tirou devagar, depois massageou minha buceta devagar e foi aumentando…e meteu a boca!

Ele me chupava e eu gemia de prazer, que oral delicioso!

Depois ele disse:

– Quer a rola agora?

Eu falei:

– Antes vem aqui e coloca ela na minha boca, deixa eu te dar prazer também

Transando com o meu pedreiro gostoso

E ele veio com aquele pau enorme…eu me dei bem!

Chupei até onde deu, pois minha boca não cabia, e ai eu disse:

– Agora coloca ela na casinha, lá é bem quentinho, ela vai gostar!

E ele colocou, eu fui nas nuvens, que homem é esse?

Quanto mais ele metia mais eu estava surpresa, era um prazer surreal, ele metia e usava as mãos, de todo lado eu recebia, eu fiquei entregue, ele fez o que queria  e eu amei!

Depois que terminamos a melhor  transa da minha vida fomos conversar!

Ele disse:

– Sempre te achei muito linda, charmosa, você me tirava do sério, sempre que vinha aqui, quando saia eu ia no banheiro bater uma, e era uma tão gostosa!

Eu fiquei perplexa, e disse:

– Não vai acreditar, mas eu me tremia toda quando te via, sempre te achei tão másculo, atraente, cara de macho!

Ele falou:

– Então nós nos atraímos, foi simultâneo, e não estamos fazendo nada de errado!

Ele me confortou, pois viu que eu estava nervosa, eu me acalmei, mas sei que fiz algo errado, mas muito gostoso!

Nos beijamos na despedida e combinamos de nos encontrar, mas agora seria em um belo hotel, com cama, mesmo que na obra tenha sido uma tesão, um Fetiche, mas em uma cama será bem melhor!

Hoje vou dormir tranquila, quando meu marido chegar vou pedir um carinho especial lá embaixo, afinal estou mais exigente!

15.077 views views

Contos relacionados

Sonho erótico proíbido

Noite passada eu estava doida para dar a minha buceta e meu marido tinha ido dormir cedo. Até tentei tocar uma siririca mas o que eu queria mesmo era uma rola de verdade. Decidi ir até o quarto do Carlinhos para ele apagar meu fogo mas ele estava dormindo porém estava de pau duro e ...

Comi a mãe do meu amigo

Bem a história começa com meus 18 anos, vivendo em uma cidade pequena, eu tinha uma vizinha, mãe de meu colega, ela deveria ter uns 35 anos, magra e alta, tinha até sido minha professora de...

Meu fetiche por usar calcinhas

E hoje venho falar um pouco de minha vida e o tesão que tenho em usar calcinhas. Bom tudo começou, quando tinha 18 anos, e era e ainda sou viciado em pornografia, mais vendo alguns vídeos, vi um...

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 5 + 3 = ?
Deixe sua imaginação aflorar com os melhores contos eróticos reais do Brasil. Contos Picantes e Sensuais com textos bem formulados, com uma leitura fácil e agradável. São centenas de contos adultos grátis da melhor qualidade com fotos amadoras das histórias de sexo.

Visite também os melhores sites porno, conheça os diretórios: thepornlist.net ,thebestfetishsites.com e pornwhitelist.com

porno - xvideo - sites porno - contos eroticos - contos eróticos - conto erotico - quadrinhos eroticos - contos de sexo - hentai - hentai porno - Mulheres Nuas - Sexo Amador - Pornô - Xvideos - Videos Pornô
© 2024 - Contos eróticos → Contos Pornô com Histórias Reais de Sexo