Saindo com o patrão da minha mãe

Publicado em julho 25, 2023
0 votes

Minha mãe arrumou um trabalho e o patrão dela é uma pessoa muito bacana, um dia ela o convidou pra um jantar aqui em casa em forma de agradecimento, eu sabia que ele era um homem bom, mas não sabia que era um gato, por que o homem é um deus grego, alto, forte, cabelo baixinho, um sorriso lindo, e usa aquelas roupas de empresário, de homem rico, ele se porta de maneira educada, eu fiquei vidrada nele, quando ele chegou minha mãe me chamou e me apresentou, ela disse:

– Aqui minha filha, meu bebê!

Transei com o chefe de minha mãe

Ele sorriu e disse:

– Muito linda sua filha, parabéns!

Ele falou isso olhando pra os meus olhos, eu fiquei toda molhada, e só pra mostrar pra mim mesma que eu não estava doida, eu fiquei olhando pra ele, e peguei várias vezes ele me comendo com os olhos, quando não conseguiu disfarçar me olhou nos olhos e sorriu, eu estava encantada, me sentindo um mulherão da porra, eu sou uma moça muito atraente, tenho vinte e quatro anos, pernas grossas, cintura fina, bumbum malhado, me cuido muito, e desperto essa vontade dos homens de querer me beijar, e fazer loucuras comigo na cama, dei uma de ingênua e fui acompanhando os avanços dele, sorrindo e olhando fixo nos olhos, teve uma hora que ele veio e me disse:

– E o namorado, por que não veio?

E eu disse:

– Não tenho namorado, e sua esposa, tem esposa?

Ele pensou um pouco e disse:

– Eu ando mais é só, ela não tem tempo pra mim, por isso estou tão carente!

Naquela ele já se denunciou, era casado e estava afim de uma saidinha comigo, e eu fiquei como? Amei, não tem nada mais gostoso do que transar com homens comprometidos, mas só os que tem grana, pra levar pra os melhores motéis, dar presentes e até uma graninha por mês, sem contar que o Sexo fica muito mais gostoso, fica safado e eu me sinto uma putinha!

Eu não poderia perder aquela oportunidade, eu respondi:

– Hum, adoro homens carentes, acho que eles são mais carinhosos, atenciosos, e bem bons de cama, eles chupam direito e metem gostoso!

Quando eu falei isso ele ficou de boca aberta, e me disse:

– Menina, você me deixou se pau duro aqui, o que é que eu faço agora?

E eu disse:

– Me siga!

Ele me seguiu e fomos até meu quarto, abri as calças dele e fui pegando na rola, fazendo carinho, masturbei e fiz um boquete delicioso, certeza que foi o melhor da vida dele, chupei a rola, chupei os ovos, passei a língua na cabecinha, ele começou a meter como se fosse na buceta, segurou minha cabeça e mandou ver, eu só deixei a boca bem aberta e fiquei olhando pra ele, eu sei que eles amam fazer isso, que a gente esteja na posição de submissa e eles dominadores. Ele gozou na minha boca, e disse:

– Não aguentei essa boca de veludo, menina, você é minha perdição, pena que não vi nem sua buceta, queria tanto ter te visto nua!

E eu disse:

– Não seja por isso, quer sair depois daqui?

E ele disse:

– Quero, vou te levar em um motel bacana, você pode chegar tarde em casa, ou dormir fora?

E eu disse:

– Posso sim, é só avisar que não vou dormir em casa!

Voltamos pra sala como se nada tivesse acontecido, ele estava bem mais fechado, mas com uma cara boa, acho que imaginando o que iria rolar na nossa saída mais tarde, se eu já tinha feito aquela putaria gostosa no quarto, imagina no motel!

Quando terminou o jantar aqui de casa eu disse pra minha mãe que iria encontrar umas amigas na rua e que ia dormir na casa de uma delas, e perguntei a ela:

– Será que seu patrão me daria uma carona até o centro?

Fodi com o empresário casado

E ela disse que se ele fosse direto pra casa ele passaria no centro sim, e perguntou a ele:

– Você vai passar no centro?

E ele disse:

– Sim, vou sim, por que?

E ela disse:

-Minha filha vai pra o centro, se puder dar uma carona a ela, eu agradeceria!

E ele falou:

– Calor que posso, com certeza!

Nos olhamos e sorrimos, eu fui pegar minha bolsa, afinal eu não iria dormir em casa, e fomos, ele se despediu e entramos no carro, ele disse:

– Menina, você é uma safadinha, hein, fez o esquema certinho pra enganar sua mãe, e agora vamos trepar muito no motel!

Ele falava isso e pegava nas minhas pernas, chegou a pegar na minha buceta, e eu de pernas abertas, sorrindo. Chegamos no motel e nosso tão esperado beijo rolou, ele me abraçou e já senti a rola dura, eu só queria um oral bem feito, ele me jogou na cama e….continua!

1 views views

Contos relacionados

Flagrei e pedi para participar!

Estava dormindo em meu quarto quando de repente escuto uns barulhos e gemidos que vinham do quarto do casal. Já logo fiquei molhadinha e corri para o quarto deles para espiar eles transando. Quando de repente eles ..

LER CONTO

Apaixonada pela pegada do gostoso

Conheci um rapaz no carnaval, um grupo de amigos me parou, eu ia passando e eles me chamaram, como era carnaval, falaram: - Conheça aí esse gatinho, beija na boca dele! Fodendo com o macho...

LER CONTO

Provocações de uma esposa safada acabou em uma boa foda

Essa é a primeira vez que vou publicar algo referente a nossa vida sexual. Bem, eu sou moreno, 1,80, magro porém malhado de acadêmia. Minha esposa loira, 1,70, uma bunda maravilhosa, um par de...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 5 = ?
Deixe sua imaginação aflorar com os melhores contos eróticos reais do Brasil. Contos Picantes e Sensuais com textos bem formulados, com uma leitura fácil e agradável. São centenas de contos adultos grátis da melhor qualidade com fotos amadoras das histórias de sexo.
porno - xvideo - contos eroticos - contos eróticos - conto erotico - quadrinhos eroticos - contos de sexo - hentai - hentai porno - Mulheres Nuas - Sexo Amador - Pornô - Xvideos - Videos Pornô
© 2024 - Contos eróticos → Contos Pornô com Histórias Reais de Sexo