Transei com a irmã da amiga

Publicado em dezembro 3, 2020
4 votes

Tenho uma amiga há 10 anos, quando a conheci ela me apresentou sua irmã mais velha do qual era lésbica, pensa em uma mulher linda, 1.66 magra, com silicone nos seios. De início achei muito estranho, pois não me sentia confortável ir na casa delas, até porque essa amiga era muito ciumenta apesar de nunca ter acontecido nada ela no fundo sabia que se eu um dia pegasse uma mulher, quem eu queria era a irmã dela, pois nunca escondi que desde cedo meu sonho era ter uma amizade do qual tivesse uma linha fina entre amizade e uns pegas de vez em quando. Quando era mais nova tive uma amizade assim e gostei, uma amiga para compartilhar a vida e segredos e também para se dar uns pegas de vez em quando, mas enfim essa amiga se mudou, a irmã dela também o contato foi ficando apenas pelo whatsapp, até que um dia ela me pediu para ajudar a irmã dela a conseguir um carro alugado pois ela estava vindo visitar a família, ajudei pois trabalho em uma locadora de veículo.

Chegou o dia da retirada busquei a irmã dela no aeroporto, liberei um veículo e ao meu ver me comportei super bem, não demonstrei nada, deixei o meu telefone para se caso precisasse de alguma coisa, mais tarde naquele dia ela me chamou no Whats falando da vida e da pandemia, falei que estava entediada e tal, ela disse que foi bom ter me visto e tal e que estaria na cidade até o final daquela semana e queria me ver para tomar um café, então eu fiquei totalmente neurótica pensando o que seria esse encontro se era bate papo ou outra coisa, porque não estava a fim a princípio, pensava também por ela ser experiente e eu não saberia muito o que fazer, até que pensei várias vezes se eu sentia atração por ela, decidi que sim e que iria ao encontro.

Transei com a irmã da amiga: uma mulher que sempre desejava

Chegando lá ela logo me recebeu com vinho, o que foi ótimo porque tirou toda aquela tensão, conversa vai e vem, até que ela perguntou que conhecia o tantra, eu disse que não e perguntei oque era, ela disse e uma massagem sensual que usa somente o toque, e disse que poderia me mostrar, eu aceitei nisso ela disse deita no carpete de barriga pra baixo, tira tudo e fica só de calcinha, então fiz o que ela disse.

Ela chegou perto e ficou só de calcinha e sutiã, disse pra não abrir em hipótese nenhuma os olhos e que era só para sentir e escutar, colocou uma música calma de reiki e começou pelos braços e foi massageando , nisso ela conversava bem baixinho no ouvido e perguntava se eu estava gostando, eu dizia que sim, estava super excitada aliás. Daí ela sussurrou baixinho agora se vira mas continua com os olhos fechados, no que virei ela sentou em cima de mim e encostava os peitos me massageando e dando umas gemidinhas, até que chegou na parte da calcinha ,ela colocou para o lado e ficou acariciando em volta. Começou a se roçar demais e não aguentei abri os olhos, ela estava se rocando em mim com uma cara de safada e com muito tesão, nisso ela colou a mão em mim me mostrando que ela estava toda molhada e me disse

-Olha como tu me deixou.

Nisso eu senti um tesão ainda maior, eu peguei e beijei ela , nos viramos e começamos a se beijar, lamber tudo que eu achei que ficaria sem graça em fazer rolou naturalmente.

Chupei ela um monte, ela gemia muito alto, até ela gozar, depois ela me chupou e gozei com ela passando os dedos no meu clitóris, ela sentou em meu rosto com as perna aberta implorando para chupar ela, enquanto chupava ela pegou um estimulador e colocou em mim, nossa eu perdia a concentração com aquele negócio, um orgasmo muito intenso, até que paramos, mas antes disso ela me deu um beijo longo e disse quem diria que a amiga da minha irmãzinha fosse me deixar tão louca hoje.

Morri de vergonha com o comentário e ri, fui tomar banho enquanto ela estava preparando algo pra comer, durante o banho só pensava em como havia sido bom, uma semana inteira ansiosa e valeu muito a pena.

No que tomamos café eu disse que precisava ir, ela praticamente implorou pra ficar mais, mas já estava tarde, então ela pediu então tá, só mais um beijo então, e eu dei um normalzinho, sem muita língua, ela riu e falou brava:

-ah não… beija direito como tu beijou antes.

Nisso ela sentou na cama, então beijei e senti tudo de novo, um tesão enorme, enquanto a beijava ela na começou a gemer de novo e foi descendo a minha cabeça com força para baixo, eu sabia oque ela queria mas fiquei tão excitada com a vontade que ela tinha em que eu chupasse ela novamente que eu disse:

-me pede o que tu quer. Ela disse:

-me chupa bem gostoso vai.

Eu chupei ela tudo de novo ela gozou bem quentinho, fiquei com um enorme tesão de novo e paramos ali, pois precisava mesmo ir embora. Daquele dia em diante nos vimos mais uma vez, ficamos só nos beijo, mas com uma vontade grande de fazer todo o resto de novo.

6787 views

Contos relacionados

Pegando a empregada bunduda de jeito

Fudendo o cuzinho da empregada bunduda no banheiro de casa ... Um verdadeiro tesão!

LER CONTO

Minha primeira experiência lésbica

Eu sou a Mara(*) e hoje vou compartilhar com vocês meu primeiro conto e minha primeira experiência lésbica. Tinha 24 anos e morava no interior, a trabalho. Enfim, jovem sentia algo diferente...

LER CONTO

Minha primeira transa com uma mulher

Oi meu nome é Clarinha (*) e quero dividir minha história também. Bom desde de bem novinha percebi que tinha interesse por mulheres e meus desejos aumentavam cada vez em ter essa experiencia que...

LER CONTO

Pegando um bronze

Para Os Sacanas, todo dia é dia de sol... Dona Maria e Aninha pegando um bronze e Carlinhos só de olhos nas duas de topless...

LER CONTO

Chupando uma bocetinha pela primeira vez

Olá... Me chamo Talita (fictício) e vou compartilhar com vocês, algumas experiências minhas. Vamos começar com essa... Tenho uma "amiga" muito safada chamada Flávia(fictício). É claro...

LER CONTO

Minha enteada, aprendendo o que é bom: gozar!

Meu nome é Luara(*), tenho 30 anos, e sou casada a 5 anos, tenho corpinho normal, morena clara, meu marido tem 40 anos, é super em forma e sempre adorou uma sacanagem. Já fizemos de tudo que possam...

LER CONTO

Ensinando a minha amiga a gozar com um bom sexo

Oiê, me chamo Luciana(*) tenho 22 e na época apenas 19 e hoje vim contar uma situação que aconteceu comigo e uma amiga. O nome dela é Gilmara(*), tinha 18 anos na época, morena, tem os seios...

LER CONTO

Eu e minha prima na siririca

Oi!!! Eu me chamo Marlene (*), hoje eu vim contar da vez em que eu e minha prima nós masturbamos. Bem, na época eu e ela tínhamos 18 anos, eu sou bem mais baixa que ela, enquanto eu tenho...

LER CONTO

Chupando a bucetinha da namorada na escada

Olá! Meu nome é Luciana(fictício) e vim contar uma história que aconteceu um tempo atrás. Conheci uma garota através da minha amiga, o nome dela é Verena (fictício) 18 aninhos, 1,60 de altura,...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 5 = ?
Deixe sua imaginação aflorar com os melhores contos eróticos reais do Brasil. Contos Picantes e Sensuais com textos bem formulados, com uma leitura fácil e agradável. São centenas de contos adultos grátis da melhor qualidade com fotos amadoras das histórias de sexo.
porno - xvideos - contos eroticos - contos eróticos - conto erotico - quadrinhos eroticos - contos de sexo - hentai - hentai porno
© 2022 - Contos eróticos → Contos Pornô com Histórias Reais de Sexo