Comi minha tia gostosa no escritório

Publicado em março 18, 2020
6 votes

Ola pessoal, me chamo Diego(fictício) e tenho 29 anos. Sou loiro, 1,70 e corpo atlético pois sempre malhei e joguei bola. Vou contar a história de quando finalmente realizei o desejo de comer a minha tia.

Vamos chamar ela de Samara (fictício). Meu tio é 20 anos mais velho que ela, na casa dos 50, ela tem 31. Já faz 5 anos que moro com o meu tio, trabalhamos juntos no negócio da família. Meu tio sempre foi pegador, mas já da pra perceber que idade chegou e ele já não ta conseguindo dar conta do negócio. Por eu e minha tia trabalharmos juntos, criamos uma certa intimidade. Meu tio nunca fica no escritório. Fica mais na em uma das lojas e eu e ela no escritório que temos perto da casa deles.

Uma vez ou outra ela comenta comigo que a vida de casada dela já entrou na rotina, já não fazem mais viagens, o Sexo já não é o mesmo. Uma vez me disse que já tava um mês sem transar. Isso na minha mente foi a mil, sempre achei ela linda, especialmente depois que começou a se cuidar na academia. Ela é loira, 1,67. Siliconada e tem uma bunda média, mas bem redondinha e perfeitinha. Sempre chama a atenção por onde passa mas ela sempre impôs respeito por ser casada. Jamais deu brecha pra outro homem e nunca traiu o meu tio.

Por nós termos criado uma intimidade, eu passei a ter a liberdade de elogiar ela. Começou com “Nossa, ta linda hoje” e com o tempo passou pra “Nossa, essa roupa de acadêmia te deixa com uma bunda maravilhosa”. Ela as vezes dava um sorriso tímido ou falava “me respeita garoto” mas na brincadeira. Nossa diferença de idade é pouca então sempre nos damos bem.

Um certo dia meu tio estava viajando e eu estava em casa tocando violão e a minha tia me manda uma mensagem. Era uma foto dela, toda gostosa, de vestido bem apertadinho. Fiquei sem entender o porque que eu recebi aquela foto, mas o pau já foi a 1000. Eu respondi com “Que mulherão, onde vai gostosa assim?.” Ela disse que ia em lugar nenhum, mas que comprou o vestido achando que ia ficar muito pequeno, mas que não ficou e que a academia tava fazendo muito bem a ela. Continuei mais uns elogios safadinhos mas no limite da intimidade.

Passou-se alguns dias e outras fotos vieram, as vezes do rosto dela dando bom dia, as vezes dela saindo com as amigas…e isso só me deixava mais doido por ela. Nesse momento eu já tava desejando ela ate mais que a minha própria namorada. Eu comia minha namorada pensando nela… sim, o negócio tava feio.

Ela se arrumava pra ir na academia no escritório, e eu sempre aproveitava a cena de ela andando pra la e pra cá antes de sair, toda linda e cheirosa. Um desses dias que passei por trás dela eu falei bem perto do ouvido dela o quanto ela tava linda, gostosa, e cheirosa. E que se eu fosse meu tio, eu comeria ela todos os dias. Ela deu um sorriso meio que gostando do que ouviu e foi malhar.

Explodindo de tesão pela tia gostosa

Passou uns dias e outra foto no whatsapp ela me manda. Mais uma vez, gostosa demais. Lembrando que sempre que ela manda foto e eu falo umas besteiras pra ela, eu deleto logo em seguida e peço pra ela sempre fazer o mesmo. Nesse dia eu resolvi perguntar. “Samara, vou te fazer uma pergunta indecente mas não quero saber de sermão ou bla bla bla, existe uma chance da gente se pegar? Eu quero só um sim, não ou talvez.”

Passou 10 minutos e eu já pensando que eu fiz burrada. Passou mais 5 minutos ela respondeu “Talvez” e deletou 10 segundos depois.

Pronto, eu já sabia que ia rolar algo. Já fiquei fazendo planos de como, quando e onde. Se ela teria coragem ou no final por medo, não teria coragem de ir pros finalmente. Mas ficou por isso, no outro dia no trabalho a rotina tava normal, eu não falei nada e nem ela…talvez por medo dela e de minha parte também.

Passou um tempo e fomos pra festa de um amigo. Meu tio não dança, e eu por anos sou a unica pessoa com quem ela dança… os outros sempre tomam um não obrigado. Nesse dia eu já tava meio alegre de um bom Whisky com redbull e ela da cerveja. Ela pegou no meu braço e me chamou pra dançar. Como tem muita gente, a minha mão nunca desceu alem da cintura (Não sou aproveitador assim), mas o rostinho tava colado no dela por conta do forró. Como a musica tava alta, dava pra falar no ouvido dela e já meio bêbado mandei “Meu sonho é pegar você com esse vestidinho, te beijar toda e matar essa vontade louca que tenho de te pegar.”

Ela grudou na minha cintura e senti o sorriso dela na minha bochecha. Eu grudei o meu pau, que já tava mega duro por dentro da calça no corpo dela e continuamos a dança.

Duas semanas depois meu tio viaja, ia ficar fora por 4 dias. Se não fosse dessa vez não ia ser nunca.
Comecei a ir preparado pro escritório…camisinha na mochila. Já no primeiro dia ela já botou a roupa de academia logo cedo, e tava andando pelo escritório. Sempre ficou só eu e ela la mesmo. Ela tava em pé na mesa e eu tava mexendo em uns papeis do lado dela, passei por trás dela e peguei na cinturinha. Ela não fez nada. Depois voltei e dei um cheiro no pescoço. Nisso ela já parou de fazer o que tava fazendo e só ficou quieta enquanto eu cheirava ela. Abracei por trás e peguei nos braços dela, virei e tasquei aquele beijo gostoso. Ela me abraçou e começamos a nos beijar.

Metendo na bucetinha da tia no escritório

Ela parou o beijo e pediu pra aquilo nunca sair dali. Eu respondi que da minha parte não tinha problemas e que meu medo é de ela falar algo sobre pressão, pois sempre achei ela medrosa. Ela riu e disse que não ia falar jamais.

Voltamos a nos beijar, grudei meu corpo nela, ela já tava ate respirando ofegante de vontade. Grudei ela na parede e beijei aquela boca maravilhosa. Fui testando meus limites passando a mão por dentro da blusinha dela, ate chegar no sutiã…tava tudo liberado. Levei ela até o sofá, deitei ela e comecei a beijar o pescoço…nisso ela já gemia de leve.

Ela passou as unhas nas minhas costas com força, aquilo me deixou doido. Fui beijando a barriguinha dela e levantando a blusinha ao mesmo tempo. Ela tava com um pouco de vergonha mas resolveu tirar pra mim. Dei beijos na barriguinha linda dela passando a mão nos peitos por fora do sutiã. Então eu resolvi botar os peitos dela pra fora somente abaixando o sutiã. Fiquei louco naqueles peitos maravilhosos. Passei a língua no biquinho de leve, e ela me olhando com um sorriso safado. Falei que aquilo era um sonho de sobrinho sendo realizado, ela riu e fez carinho no meu cabelo. Chupei aqueles peitos gostosos. Alternava entre um e outro e as vezes voltava pra boca dela. Tirei o sutiã dela.

Até que enquanto ela tava distraída de tesão com a chupada, eu peguei a calça dela e começei a baixar. Ela meio que tava com vergonha e dava umas travadas, mas foi deixando. Tava de calcinha preta bem pequena…linda. Pude ver aquela bucetinha escondida por trás de algo tao pequeno.

Dei um cheiro e um beijo por fora da calcinha mesmo. Ela já deu uma gemida. Eu falei pra ela que eu tava com água na boca e que queria chupar ela bem gostoso. Botei a calcinha de lado, dei aquela encharcada na língua e passei a  com muita vontade, debaixo pra cima pra dar aquela lambuzada. Comecei a chupar gostoso, brincar com a língua, cutucar o clitóris.

Era cada gemido que o meu tesão só aumentava. Tirei a calcinha dela e passava o dedo pra deixar ela mais louca ainda e as vezes metia o dedo de leve, nessas horas ela só faltava montar em cima de mim de tesão. Fiquei nisso uns 5 minutos.

Eu me levantei e já fui tirando o tênis e a calça. Nisso ela me agarra e me senta no sofá. Abaixa a minha cueca e já numa vontade bota meu pau na boca. Vi estrelas nessa hora, foi com tanta vontade que ela já socou foi tudo. Deixou ele bem molhado e continuou fazendo um boquete delicioso. Chegou a chupar as bolas. O boquete não foi só pra me agradar não, foi porque gostava de fazer mesmo. Tive que falar pra acalmar pra eu não gozar.

Eu parei ela, levantei e falei que queria aquela bunda dela de quatro no sofá. Ela já virou aquela bunda pra mim e ate hoje tenho essa imagem como a mais bela de todas, bucetinha e cuzinho lisinho. Cuzinho bem pequeno, parece que nunca foi usado. Antes de socar o pau eu passei a língua na bucetinha mais umas vezes enquanto ela tava de quatro e brinquei no cuzinho também (pra ela já saber que eu curto um cuzinhho e não tenho frescuras). Botei meu pau na entradinha da buceta dela e comecei a brincar. Ela tentava vir com a bunda pro meu lado pra entrar mas eu tirava. Puxava o cabelo dela e falei que daqui pra frente ela não tinha que ficar sem sexo, que sempre que quiser eu tava ali, e dei um tapa na bunda dela.

Coloquei meu pau e a bucetinha tava tão molhada que entrou muito gostoso. Apertadinha porem toda molhadinha. Ela travou toda de tesão quando foi entrando. Abri bem a bunda dela com as mãos e comecei a movimentar bem devagar. Ela de olhos fechados só suspirava bem forte. Eu dava beijos no pescoço e na nuca dela, dava uns puxadas de leve no cabelo dela e vi que ela tava pirando naquilo. Comecei a fazer movimentos mais fortes e as gemidas começou a aparecer. Comecei a bombar meu pau naquela bucetinha lisinha dela e ela já começou a gemer alto…mas de nada importava, ninguém jamais ia escutar a gente. Comi ela de quatro tão gostoso que ela começou a suar, eu comecei a suar…mas nem eu e nem ela queria parar. Ficamos ali uns 7 minutos bombando, diminuindo, bombando de novo.

Sentei no sofá e falei pra ela vir em cima, ela deu mais uma chupada no meu pau…com muita vontade e sentou. Enquanto encaixava meu pau na bucetinha dela, ela me olhava por cima com uma cara de desejo, de que não tava sendo comida daquele jeito por um bom tempo. O pau entrou gostoso e agora foi a vez dela, bombando no meu pau, bunda batendo na coxa, nossos corpos suados, dois peitões lindos na minha cara, e eu chupando com muita vontade.

Comecei a passar a mão na bunda dela e as vezes passando o dedo no cuzinho. Dei umas lambidas nos dois dedos olhando pra ela e fui brincar no cuzinho dela…e ela sempre me olhando de cima como se fosse a dona da parada. Comecei a massagear o cuzinho, deixou de boa. Coloquei a pontinha do dedo no cuzinho dela, e ela começou a rebolar no meu pau pra não atrapalhar o dedinho.

Com cara de safada ela me olhou e disse, “hoje eu não deveria nem deixar você colocar o dedo ai, ta achando que meu cuzinho é fácil assim? To deixando você brincar porque o negocio ta bom…mas cuzinho hoje não.”

Eu respondi que tudo bem, só de brincar com o dedo e que um dia vou comer esse cuzinho gostoso…eu espero.

Deitei ela no sofá e fomos pra papai e mamãe. As pernas dela entrelaçadas em mim e eu comendo aquela bucetinha maravilhosa. Senti que o tesão dela tava grande então continuei ate que ela disse pra não parar que ela ia gozar. Fiquei ali mais uns dois minutos mantendo o movimento, olhando pra cara de tesão dela que já ia gozar. De repente ela solta os gritos de que vai gozar e de que ta gozando. As pernas dela me trava e ela geme feito louca, fui fazendo movimentos pra ela gozar tudo que tinha que gozar. Passou isso o corpo dela se solta, ela relaxa…olha pra mim e diz “Agora é sua vez”.

Falei que quero ela de 4 de novo, só que no chão. Joguei as almofadas pra ela ajoelhar em cima. Ela fica de 4, encosta a cabeça dela no chão e empina aquele rabo com a bunda bem aberta e perguntou se de quarto daquele jeito tava ótimo.

Soquei o pau com tudo enquanto segurava o cabelo dela, dei tapa, dedinho no cuzinho. Ate que não aguentei, tirei o pau e gozei naquele rabo dela. Gozei tanto que espirrou pra tudo quanto é lado.

Dessa vez quem relaxou foi eu, me sentei escorado no sofá e ela já caiu de lado no tapete mesmo. Ficamos nos olhando com um sorrisinho safado um pro outro. Ela disse que fazia tempo que não dava uma foda gostosa daquela. Fodemos gostoso por 3 dias.

Conversamos sobre manter segredo e botamos regras de quando poderia acontecer. Já faz dois anos que ta rolando mas são pouquíssimas vezes. A regra é que só pode rolar quando meu tio ta viajando, que é umas 4 vezes por ano. Fora isso eu tenho que manter o respeito pra não dar vacilo. Já rolou o tão desejado cuzinho, mas fica pra outro conto.

Valeu!

15241 views

Contos relacionados

Pegando a empregada bunduda de jeito

Fudendo o cuzinho da empregada bunduda no banheiro de casa ... Um verdadeiro tesão!

LER CONTO

Tomando dedada do motorista de aplicativo

Oi meu nome é Cássia (fictício), o que vou relatar aconteceu a uns dois meses atras quando voltava da balada. Eu sou morena, cabelos longos, corpo bem definido pelas dieta e academia, tenho um...

LER CONTO

A foda mais especial da minha vida

A história que passo a narrar agora aconteceu comigo a alguns anos atrás, mas da pra citar como uma das mais especiais, senão a mais especial, que vivi ao longo da minha história. Sempre dei...

LER CONTO

Namorado filma o personal fudendo sua namorada

Oi, tenho 27 anos e sou negro. Altura 1.75 cm, musculoso, trabalho como personal. Tenho vários alunos a maioria mulheres. Uma dessas alunas é morena alta, de 1.80 cm, de quadris largos, bumbum...

LER CONTO

Pegando um bronze

Para Os Sacanas, todo dia é dia de sol... Dona Maria e Aninha pegando um bronze e Carlinhos só de olhos nas duas de topless...

LER CONTO

Levei minha amiga casada gostosa para motel e transei gostoso

Dizem que o afrodisíaco mais potente é a proibição. E quem já desejou alguém comprometido sabe o quanto essa frase pode ser verdade. Por volta de 2010, quando eu tinha 18 anos... me...

LER CONTO

Dando muito pro cara do badoo

Me chamo Gisela(*), tenho 25 anos, loira, gosto de treinar então tenho 60kg bem distribuídos, seios e bunda grandes, o que sempre fez os homens ficarem loucos. Em uma das minhas várias viagens a...

LER CONTO

Acabei com a buceta e o cuzinho da novinha

Olá moro em Brasília, as coisas começaram a ficar difícil pra mim novamente e fiquei desempregado, e antes da faculdade eu era pedreiro, pintor e eletricista, coloquei um anúncio em um...

LER CONTO

Fetiche do meu amigo corno

Olá! Sou moreno, corpo atlético, 1,78 de altura, olhos claros, solteiro, e adoro fazer amizades principalmente com casais e vocês vão entender porque... Eu sempre fui muito safado e adoro um...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 5 = ?
Deixe sua imaginação aflorar com os melhores contos eróticos reais do Brasil. Contos Picantes e Sensuais com textos bem formulados, com uma leitura fácil e agradável. São centenas de contos adultos grátis da melhor qualidade com fotos amadoras das histórias de sexo.
porno - xvideos - contos eroticos - contos eróticos - conto erotico - quadrinhos eroticos - contos de sexo - hentai - hentai porno
© 2021 - Contos eróticos → Contos Pornô com Histórias Reais de Sexo