Uma barraca para três

Publicado em fevereiro 2, 2020
6 votes

Durante a faculdade, tive as melhores experiências sexuais da minha vida. Durante umas das inúmeras festas, conheci uma garota, muito gata e gostosa, mas bem maluca.

Nos demos muito bem e já na primeira noite, fomos para o apartamento dela e metemos gostoso. No segundo encontro, fomos para minha república e nesse dia até o cuzinho dela eu comi.

Certo dia, ela me enviou uma mensagem me convidando para um rave num final de semana. Aceitei mais do que de pressa. Chegando lá, ela estava com uma galera bem animada, loca na verdade. Ficamos ali bebendo e dançando, não demorou muito pra um deles oferecer algo mais, aí que o povo ficou doido, impulsionados pela frenética música eletrônica, nunca vi nada igual.

Altas horas, a galera dispersou e ficamos só eu, ela e um amigo dela… Cara legal, mas percebi que ele também estava a fim dela. E ela parecia querer os dois. Certa hora, ele foi conversar com uns conhecidos dele e nessa hora, aproveitei pra tascar um beijo nela e nessa hora ela me pegou pelas mãos e fomos caminhando, nos distanciamos da festa e chegamos numa área de camping.

Ela abriu uma barraca, entrou e me puxou pra dentro, perguntei se era dela, disse que era do amigo dela, que ele estava acampando ali e já começou a me beijar gostoso, foi tirando minha camiseta, enquanto eu fechava a barraca ela tirava sua roupa, ficando só de calcinha.

Veio e começou mordiscando meu peito e foi descendo, abriu o zíper da minha calça e a tirou rapidamente, voltou massageando minhas coxas e meu pau sobre a cueca, tirou o meninão que já latejava na mão dela e caiu de boca. Enquanto ela me chupava gostoso, tirei a calcinha dela e ficava ali revezando caricias no seu cuzinho e na bucetinha.

De repente, a barraca se abre e aparece o amigo dela na porta, perguntando se tínhamos começado a festinha sem ele. Nessa hora ela para de me chupar, parte para cima dele e tasca um beijo de língua. Eu fiquei paralisado vendo. Ela estava com o gosto do meu pau na boca e foi beijar ele, que nem se importou. Enquanto ele a beijava com vontade, sua mão começou a acariciar o pau dele, não demorou muito para ela por o meninão dele pra fora também.

Nessa hora, fiquei muito excitado em ver, nem ciúmes senti, era como se estivesse vendo um pornô ao vivo. Peguei uma das garrafas da mão dele, e bebi enquanto acariciava meu pau vendo-a mamá-lo gostoso. Depois, ela pediu para que ele se deitasse ao meu lado, e ela ficou no meio da gente, de cócoras, revezando entre meu pau e o pau do amigo dela. E nós ali, revezando chupadas na bucetinha e no cuzinho dela, nem me importava de pegar a baba dele, metia a língua no grilinho dela e ela gemia.

Então, vendo seu cuzinho e bucetinha lubrificada com nossas salivas, veio deitou-se entre nós, me beijou e quando ela se virou pra beijar ele, aproveitei pra abraçar ela por trás, já queria garantir o cuzinho pra mim, rs. Enquanto eles se beijavam, fui encaixando meu pau no cuzinho apertadinho dela.

Ela jogou as pernas por cima das do amigo, e ele também logo encaixou seu pau na bucetinha dela, estávamos muito excitados e nem ligamos quando um pau escapava e relava no outro, logo já entrava nela novamente e ela gemendo com os dois meninões dentro dela.
Uma hora, parei que acariciar seus peitos firmes, segurei-a firme pela cintura, joguei minha perna em cima da dela, e comecei a bombar forte, tentando encaixar até as bolas começarem a bater. De repente, sinto uma mão apertando minha perna, subindo pelas minha coxa, quando olho é a mão do amigo, num impulso segurei a mão dele e empurrei. Ele deu uma risada safada e tirou a mão.

Continuei metendo pressão e ouvindo os gemidos dela, gozei jatos de porra no cuzinho dela, não demorou muito, e o amigo dela também aumentou o ritmo, e gozamos juntos os três, ela deve ter tido orgasmos múltiplos, pois não parava de tremer e gemer.

Ficamos ali deitados e abraçados juntos, completamente exaustos depois de nossa farra, mas o cheiro de Sexo no ar estava tão intenso, que logo começamos a brincadeira novamente. Mas isso vou deixar pra contar depois, caso alguém tenha gostado e queira saber o resto da transa, me envie um e-mail que publico o resto do conto:

12389 views

Contos relacionados

Pegando a empregada bunduda de jeito

Fudendo o cuzinho da empregada bunduda no banheiro de casa ... Um verdadeiro tesão!

LER CONTO

Tomando dedada do motorista de aplicativo

Oi meu nome é Cássia (fictício), o que vou relatar aconteceu a uns dois meses atras quando voltava da balada. Eu sou morena, cabelos longos, corpo bem definido pelas dieta e academia, tenho um...

LER CONTO

Gozando pela webcam

Eu tenho uma certa estrada já nos caminhos do sexo virtual, desde novinha sempre gostei de me mostrar e de fazer as pessoas do outro lado gozarem como nunca, mesmo se elas nunca tivessem...

LER CONTO

Pegando um bronze

Para Os Sacanas, todo dia é dia de sol... Dona Maria e Aninha pegando um bronze e Carlinhos só de olhos nas duas de topless...

LER CONTO

Fiz uma coroa gordinha gozar

Oi me chamo Helder(*) na época tinha 28 anos. Sempre gostei de coroas ficava de pau duro só de olhar umas na rua. Uma vez uma coroa que era conhecida da família da minha irmã veio na casa dela...

LER CONTO

Minha amiga novinha safada

Eu morava sozinho e sempre recebia amigas no meu ape, esquemas e etc. Eu tenho uma amiga que se chama Mila(*).. a mãe dela foi embora e ela tinha seu trabalho e seus esquemas e não queria ir.....

LER CONTO

Minha esposa e seu amigo fudendo em nossa casa

Me chamo Manoel(*), e minha esposa Letícia(*),ela é enfermeira e ano passado trabalhou com um amigo, vou chamar de Augusto(*). Ele era o condutor da ambulância, pegamos amizade com ele, era bem...

LER CONTO

Vizinha coroa gordinha de quarentena (real)

Olá,  o que passo a contar agora foi inesperado, maravilhoso, mas real. Desculpa o tamanho do conto, mas prometo compensar no final. rs Vou nós descrevermos um pouco, eu 34 anos, agora deixo...

LER CONTO

Primeira vez da minha esposa fodendo com outro homem

Olá pessoal meu nome é Hebert(*) e minha esposa Vanusa(*) . Somos casados a 18 anos e sempre a imaginei dando para outros homens. Ela tem 37 anos, gordinha (mas cheinha por completo), branca,...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 5 + 4 = ?
Deixe sua imaginação aflorar com os melhores contos eróticos reais do Brasil. Contos Picantes e Sensuais com textos bem formulados, com uma leitura fácil e agradável. São centenas de contos adultos grátis da melhor qualidade com fotos amadoras das histórias de sexo.
porno - xvideos - contos eroticos - contos eróticos - conto erotico - quadrinhos eroticos - contos de sexo - hentai - hentai porno
© 2022 - Contos eróticos → Contos Pornô com Histórias Reais de Sexo