Trepando com a irmã

Publicado em setembro 25, 2020
7 votes

Bem, me chamo Bruno(*), tenho 18 anos, sou alto 1,94, meio magro e bem dotado. Vou contar sobre umas das minhas aventuras com minha irmã, que é uma loirinha, rabuda e baixinha, chamada Luciana(*).

Bem… algum dia posso contar como comecei a transar com ela e como chegamos no ponto desse conto, mas isso é para outro dia.

Depois de um tempo vivendo uma relação com minha irmã nós nos acostumamos a andar pelados pela casa e namorar quando estávamos a sós. Em um belo dia depois de dormir com ela, acordei e não vi ela na cama. Nisso dei um grito:
– Lu onde vc tá!??

Ela me responde:
– Tô na cozinha vem que o café tá quase pronto e estamos sozinhos!

Metendo no cu da irmã

Nisso já levantei sem roupa msm e fui para a cozinha, e me deparo com ela só com um blusão meu que parecia um vestido nela. Ela já me olha com uma cara de safadinha e diz:
– Durmiu bastante hein maninho, pelo visto dei trabalho ontem.

E eu respondi:
– É…. deu mesmo mas ainda quero mais.

Nisso ela estava na pia pegando algumas xícaras e eu simplesmente me abaixo e começo a chupar ela. Ela um pouco resistente fala:
– Para mano, acabamos de levantar, vai dizer que já quer me comer???

Eu respondo:
– Claro que sim, vc me deixou maluco empinando essa buceta aí na pia.

Ela simplesmente me dá um sorriso safado e começa a pedir pra eu chupar mais. Depois de um tempo ela diz:
– Aaaaiii seu safado vou gozar!! Continua…. não para!!

Eu obedeço e ela goza. E eu claro, chupo todo o mel dela, ela treme a perna e fica de joelhos pra mim. E falo:
– Agora é sua vez, abre essa boquinha que vc vai ganhar leite de café da manhã.

Ela obedece e eu fodo aquela boquinha dela com força, ela deixa meu pau todo babado e eu logo gozo nela. Ela não curte muito engolir goza mas eu segurei e falei:
– Quero ver vc engolir, já disse que vai ganhar leite.

Ela aceita e engole meu gozo e diz:
– Seu tarado, quase engasguei com tanto leite, mas tava delicioso. E agora vai fazer o que??

Mal ela termina a frase e já levanto ela pondo na pia seu corpinho e empinando bem aquela bunda, ela já me deu o cu e adorou então de vez em quando eu como ele de jeito.

Falei pra ela abrir bem as pernas que ia arrombar aquele cuzinho dela. Ela com uma voz fofinha e safada diz:
– Aí maninho logo cedo já quer me comer todinha, desse jeito me acostuma mal com sua pika.

Respondi pra ela:
– É melhor ir se acostumando, não penso em largar vc tão cedo.

Ela diz bem alegre e abrindo bem a bundinha dela:
– É por isso que e te amo, mesmo safado é carinhoso, agora come meu cuzinho vai!

Como meu pau tava todo babado ele entrou fácil no cuzinho dela, e fui bombando forte, depois de uns 15 min nesse vai e vem, ela diz que vai gozar. Eu falo:
– Tô quase lá também, vou gozar dentro msm!

Ela responde:
– Vai meter assim gostoso, pode gozar dentro de mim quero sentir seu gozo lá dentro.

Ela termina a frase e nós dois gozamos, eu gozei forte mesmo depois do boquete, a gente fica um pouco parados pra descansar. Depois de um tempo ela fala:
– Amo quando vc me pega desse jeito, de surpresa, pode fazer sempre.

Eu respondo:
– Vou continuar mesmo, e vc aí, tô estou esperando ser acordado por um boquete ou com vc em cima de mim?

Ela diz:
– Mas é muito safadinho mesmo, ainda bem que é só meu.

Eu concordo e dou um beijo nela tirando meu pau do seu cu e ela retribui o beijo. Como estamos suados e ela toda gozada, falo pra irmos pro banheiro tomar um banho e ela concorda.

Tomamos um banho onde ela me chupou mais um pouco e fomos tomar café. No meio do café ela me diz:
– Aí mano vc me comeu gostoso antes, quero de novo de tarde, vamos aproveitar que estamos sozinhos, quero sentir esse pau de novo.

Eu respondo:
– É vamos aproveitar mesmo hoje.

Já puxou ela pra sentar no meu colo e começos a trocar alguns beijos e carícias. Mas isso é pra outro conto, logo escrevo mais, espero que tenha gostado desse conto pois eu estou amando viver ele.

(*) Os nomes são fictícios afim de preservar a verdadeira identidade.

13964 views

Contos relacionados

Entrou no quarto e pegou a traição no flagra

Traição no casamento! Dona Maria traindo o Sr Carlos com o novinho

LER CONTO

Transei com minha tia

Ola! Meu nome é Flávio (fictício),  tenho 19 anos, estou vindo aqui pra contar como transei com minha tia de novo. O nome da minha tia é Laura (fictício), ela tem uns 39 anos, baixa, tem uma...

LER CONTO

Transando intensamente com a prima gostosa

Essa história é verídica. Eu tenho 34 anos e minha prima 25. Ela é branquinha, baixinha, cabelos longos pretos, seios bem avantajados e uma bundinha linda. Eu e ela já havíamos dado uns...

LER CONTO

Minha Irmã safada chupou meu pau e me deu o cu

Tenho 22 anos, 1.80, 75kg, loiro, de olhos verdes, corpo definido, musculoso, e tenho uma irmã de 26 anos, 1.70, 50Kg, loira, gata e gostosa. A dois meses acabei meu namoro e estava com muito tesão...

LER CONTO

Tia, primas & Cia! O sobrinho trepando com todas.

Jonas é um rapaz muito bonito e passa o pau nas primas e tias. A putaria rola solta

LER CONTO

Passando bronzeador na bunda da minha irmã

Olá contar uma história de incesto real, na época do acontecido eu tinha 25 anos e minha irmãzinha tinha 19 aninhos. Foi então que meus desejos pela minha irmã começou a aflorar, imaginem...

LER CONTO

Dei gostoso pro meu irmão

Olá meus amores, meu nome é Soraya* hoje tenho 20 anos mas isso aconteceu quando eu tinha 18. Sempre fui uma grande admiradora de contos eróticos e a aba de incesto era algo que me dava muito...

LER CONTO

A primeira vez do meu primo foi no meu cuzinho

Moro sozinha na cidade grande e nesse natal a casa estava cheia de parentes do interior. Percebi tarde demais que a porta do quarto estava semi-aberta e pela fresta meu primo me flagrava dando a...

LER CONTO

Dando pro meu primo no churras da família

Sou morena, cabelo cacheado, tenho 21 anos, sou baixinha e tenho um corpo que nenhum homem recusa. Sempre tive contato com meu primo em festas de família onde todos se reúnem e nesse dia a...

LER CONTO

1 - Comentário(s)

  • M. 17/11/2020 11:42

    Comi minha irmã enquanto meu cunhado foi trabalhar na madrugada. Agora ela é minha putinha e sempre que tenho uma folga vou visita-la e vira festa na cama, nos chupamos e transamos de todas as formas que ela diz nunca ter feito com meu cunhado.

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 3 = ?
Deixe sua imaginação aflorar com os melhores contos eróticos reais do Brasil. Contos Picantes e Sensuais com textos bem formulados, com uma leitura fácil e agradável. São centenas de contos adultos grátis da melhor qualidade com fotos amadoras das histórias de sexo.
porno - xvideos - contos eroticos - contos eróticos - conto erotico - quadrinhos eroticos - contos de sexo - hentai - hentai porno
© 2022 - Contos eróticos → Contos Pornô com Histórias Reais de Sexo