Contos eróticos - Contos Pornô com Histórias Reais » Lésbicas » Transei com a amiga da minha mulher

Transei com a amiga da minha mulher

Publicado em julho 3, 2020
2 votes

Sempre adorei ler contos, mas esta é a primeira vez que escrevo… Esta historia é verdadeira e passou-se comigo ha alguns anos…Eu com uns 24 anos conheci a Luanne(*) também da mesma idade e começamos a namorar pouco tempo depois.

Ela foi a mulher que me fez assumir para família e amigos, e ela também se assumiu depois de começarmos a namorar. Certo dia apresentou-me uma grande amiga sua, numa balada Gay. Eu já tinha reparado nela nessa mesma balada ainda antes de conhecer a Luanne. Cabelos cacheado, sorriso fácil, e muito segura de si.

O tempo foi passando e estivemos varias vezes juntas no cafe, sempre em grupo. Certa noite combinamos todos para assistir a um concerto que ia haver na nossa cidade. No meio da multidão, demos todos as mãos para não nos perdermos e fomos todos em direção ao bar… Á minha frente tinha a minha namorada, e atras de mim… A Joana(*)…

Ela é amiga da minha mulher: foda perfeita

Comecei a perceber que ela apertou a minha mão com mais força, ao mesmo tempo que ia dando festinhas na parte de fora da mão… Olhei para trás e dei com ela me encarando com ar de safada… Sorri de volta sem deixar de olhar para ela, que só olhava a minha boca… O resto dessa noite foi passado assim, ate que numa dessas brincadeiras com as mãos lhe roubei um anel…

Na manhã seguinte tinha uma mensagem dela a dizer que lhe tinha ficado com a aliança! A safada também tinha namorada, e disse que precisava que nos encontrássemos para lhe devolver o anel, pois ia estar com a namorada nessa tarde.

Combinamos um sitio que não desse muito nas vistas, pois seria estranho se alguém nos visse juntas, só as duas. Ela entrou no meu carro e ambas começamos a rir… Eu tinha ficado com muito tesão por ela e não conseguia pensar em mais nada. Começamos a falar sobre a noite anterior enquanto eu ia brincando com os caracóis dela e ela com a mão na minha coxa. Comecei a puxar a cabeça dela cada vez mais para perto de mim e ela, sem oferecer qualquer resistência foi-se chegando a mim e deslizando a mão para junto da minha berguilha. Beijamo-nos desesperadamente e as duas a morrer de tesão.

Coloquei a minha mão em baixo do banco do carro e deslizei o banco todo para trás. Nem deu tempo dela se assustar pois no momento a seguir já estava por cima dela, beijando-a e passando a minha mão por baixo da t-shirt dela.

Ela, sem nunca parar de me beijar, começou a tirar o cinto das minhas calças, mas eu não deixei. Coloquei-me de joelhos em frente a ela e despi-a… Ela começou a gemer só de eu tirar a calcinha dela, mas assim que eu lhe toquei… Minha nossa… Que tesão conjunto que nos tivemos! Lambi e relambi aquela buceta quente e úmida, enquanto colocava os dedos dentro dela.

A voz dela costuma ser bastante forte, mas ali, a gemer de prazer a voz dela ficou mais fina e feminina, o que ainda me deu mais prazer! Enquanto isto passava a outra mão no peito dela, onde senti os mamilos muito duros.Ela, colocou as duas mãos na minha cabeça e dizia para eu não parar… E eu não parei de lamber aquela buceta gostosa até que ela gozou.

Fui subindo com a boca pelo corpo dela, sem nunca tirar a minha mão daquela buceta maravilhosa, e ela puxou-me pra cima, louca de tesão a beijar-me o pescoço e a orelha, enquanto arfava e gemia. Gozou… Gozou muito de novo!

E quando eu achei que ela já não tinha força para mais, ela puxou o meu cabelo, olhou-me nos olhos e disse que queria muito retribuir o gozo… Não que eu precisasse, pois tudo aquilo já tinha me enchido de tesão, mas aquele mulherão a dizer-me aquilo…

Depois de me deixar nua, pós-me no colo dela, e com a mão dela foi acariciando a minha buceta encharcada. Sempre com movimentos ritmados, saltei no colo dela como uma louca, enquanto ela lambia e mordia o meu peito… Só de lembrar da-me muita vontade de voltar a tê-la dentro de mim!

Depois desta aventura, sempre que estávamos juntas em grupo, ela aproveitava pra me tocar e não parávamos de trocar olhares! Numa dessas trocas de olhares enquanto estávamos em grupo reparamos que a musica na radio era do Seu Jorge “Amiga da minha mulher”. Ela riu de forma safada sem dar nas vistas e eu retribui…

Esta não foi a unica vez que estive com a Luanne, portanto espero poder voltar a escrever sobre essa tentação perigosa que até hoje não me dá descanso!

(*) Os nomes são fictícios para preservar a identidade real.

3970 views

Contos relacionados

A mãe tarada e o filho nerd

A mamãe super tarada e o filho nerd vão ter uma boa trepada.. Ela está doida para tirar a virgindade do filho...

LER CONTO

Transa universitária: Minha primeira foda lésbica

Eu...sempre fui hétera até conhecer ELA, cabelos pretos e longo ,magrinha mas o jeito dela me atraia bastante. Não era assumida mas algo em mim me dizia que ela era Sapa! Entre Indas e vidas...

LER CONTO

Minha primeira transa com uma mulher

Oi meu nome é Clarinha (*) e quero dividir minha história também. Bom desde de bem novinha percebi que tinha interesse por mulheres e meus desejos aumentavam cada vez em ter essa experiencia que...

LER CONTO

Ensinando a minha amiga a gozar com um bom sexo

Oiê, me chamo Luciana(*) tenho 22 e na época apenas 19 e hoje vim contar uma situação que aconteceu comigo e uma amiga. O nome dela é Gilmara(*), tinha 18 anos na época, morena, tem os seios...

LER CONTO

Nossa primeira transa foi inesquecível

Era uma tarde de domingo, trocas de mensagens via whatsapp, eu havia ido passear na cidade que ela mora e estava louca para vê-la, porém ela teve imprevistos ou simplesmente não quis me ver, pra me...

LER CONTO

Chupando uma bocetinha pela primeira vez

Olá... Me chamo Talita (fictício) e vou compartilhar com vocês, algumas experiências minhas. Vamos começar com essa... Tenho uma "amiga" muito safada chamada Flávia(fictício). É claro...

LER CONTO

Chupando a bucetinha da namorada na escada

Olá! Meu nome é Luciana(fictício) e vim contar uma história que aconteceu um tempo atrás. Conheci uma garota através da minha amiga, o nome dela é Verena (fictício) 18 aninhos, 1,60 de altura,...

LER CONTO

Transando gostoso com a personal

Meu nome é Cinthia (fictício), sou morena, cabelos pretos na altura da bunda, tenho um corpo sarado, pois treino todos os dias pesado. Eu sou casada a 10 anos, e a 3 resolvi voltar pra academia,...

LER CONTO

Transando no sítio com minha melhor amiga

Me chamo Milena (nome fictício), tenho 22 anos e alguns anos atrás conheci uma amiga em uma rede social, Ana (nome fictício), 24 anos. No início Ana não queria muita conversa, mas com um pouco de...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 1 = ?
Deixe sua imaginação aflorar com os melhores contos eróticos reais do Brasil. Contos Picantes e Sensuais com textos bem formulados, com uma leitura fácil e agradável. São centenas de contos adultos grátis da melhor qualidade com fotos amadoras das histórias de sexo.
porno - quadrinhos eroticos - hentai - xvídeos - xvideos
© 2020 - Contos eróticos – Contos Pornô com Histórias Reais