Putinha dando o cu à três machos

Publicado em maio 30, 2020
9 votes

Ola, atualmente tenho 35 anos. Eu sou alta, tenho 1.90, cabelos castanhos compridos, seios grandes, magra, pernas grossas e um bumbum grande e guloso. Além disso, tenho duas tatuagens, uma com uma rosa grande na panturrilha direita e outra de flores com umas linhas meio tribais nas costas, acima do bumbum, tatuagens de puta mesmo…

Eu comecei minha vida sexual tarde, fui dar pela primeira vez com 18 anos, e na época eu era “um garoto” e dei para uma travesti no meio da rua mesmo!

Bem, naquele instante, tive a certeza de que realmente era apaixonada por pau, e que além de me sentir fisicamente mulher, confirmei que tinha as mesmas necessidades sexuais delas. De lá para cá, passei a observar mais os rapazes no vestiário do clube, e eu sempre tive a bunda bem grande e redondinha.

Então um dia, eu estava me trocando depois do treino de natação (eu nadava na equipe), e um colega disse, “nossa, eu tenho muita vontade de comer este rabo!” Nossa, quando ele me disse isso, me deu um tesão, meu corpo todo foi dominado pelo desejo. E só tinha no vestiário este garoto e mais dois colegas. Todos com o corpo bem sarado e com todo o gás que garotos de 18 anos tem.

Eu fui até ele, passei a mão no pau dele por cima do calção e disse: “o que está esperando?”

Então ele chegou em mim, me encochando e beijando minha nuca. Então ele falou no meu ouvido, vamos chamar nossos colegas para participar? No meio de tanto tesão, disse que sim.

Dando o cuzinho para três machos

Então, fomos para meu apartamento, que era perto dali. Quando cheguei, pedi para eles esperarem, que eu só iria me arrumar. Fui ao meu quarto, vesti uma calcinha fio dental preta de renda, coloquei uma minisaia rodada preta, uma blusinha bem decotada, uma sandália preta de salto 12 de tirinhas, e finalmente, passei um batom bem vermelho e um lápis nos olhos.

Quando cheguei lá, estava um pouco nervosa porque nunca tinha me apresentado vestida como mulher para ninguém.

Bem, quando eles me viram, ficaram me olhando e eu percebia o volume crescendo dentro do short deles. Então cheguei no meu colega que, tinha me dado a cantada. Ele nem perdeu tempo, foi me beijando com muito desejo e dizendo que eu estava linda, que iria querer comer o meu rabo todos os dias. E eu disse que então ele me fudesse agora.

Nisso os outros dois chegaram e, disseram queriam também, e começaram a me beijar. Eu não perdi tempo, me ajoelhei e comecei a chupar aqueles paus deliciosos, cada um com o seu charme e tamanho! Eu ia revezando aqueles três paus com muito desejo e vontade. Até que um dos meus colegas começa a lamber meu rabo, e disse que iria me transformar em mulher de verdade!

Então ele passou o lubrificante no pau dele e eu passei no meu cuzinho. Eu fiquei de quatro e, então ele começou a meter aquela rola devagar, e quando passou a cabeça, eu pedi para ele socar tudo de uma vez. E ele não perdeu tempo, nossa foi delicioso. E eu rebolando como uma louca com aquele pau socando em mim. Ai eles começaram a ir revezando, eu chupando um e dando para o outro.

Em certo momento eu comecei a cavalgar no pau (eu adoro esta posição) e quando eu cavalgava eu conseguia revezar o boquete nos outros dois, eu podia bater punheta para um, e chupar o outro.

Nossa, devo ter bebido litros de porra por causa disso.

Foi assim ate todos se satisfazerem e claro eu gozei demais naquele dia.

Depois disso, outras aventuras aconteceram e eu irei escrever para vocês em breve.

15450 views

Contos relacionados

Pegando a empregada bunduda de jeito

Fudendo o cuzinho da empregada bunduda no banheiro de casa ... Um verdadeiro tesão!

LER CONTO

Primeira vez da minha esposa fodendo com outro homem

Olá pessoal meu nome é Hebert(*) e minha esposa Vanusa(*) . Somos casados a 18 anos e sempre a imaginei dando para outros homens. Ela tem 37 anos, gordinha (mas cheinha por completo), branca,...

LER CONTO

Minha primeira vez com minha namorada católica

Bom este é meu primeiro conto, e ainda to meio com receio, mas ando lendo outros contos e quis compartilhar algumas experiências. Primeiro de tudo eu me chamo Felipe (nome fictício) tenho cerca...

LER CONTO

Dei meu cu para 3 em uma noite a pedido do meu namorado

Eu me casei jovem, depois de 7 anos me separei. Então conheci um homem um pouco mais velho que eu, Roberto*, ele tinha 49 anos eu com 27 na época. Eu amo sexo anal, Roberto também, e para...

LER CONTO

Pegando um bronze

Para Os Sacanas, todo dia é dia de sol... Dona Maria e Aninha pegando um bronze e Carlinhos só de olhos nas duas de topless...

LER CONTO

Transei com minha tia

Ola! Meu nome é Flávio (fictício),  tenho 19 anos, estou vindo aqui pra contar como transei com minha tia de novo. O nome da minha tia é Laura (fictício), ela tem uns 39 anos, baixa, tem uma...

LER CONTO

Sou a puta que meu padastro merece

Me chamo, Tarsila (fictício) tenho 25 anos moro com minha mãe e o meu padrasto Anderson (fictício), um homem de 52 anos. Sou mediana, branca e sempre tive um corpão pra pouca idade.  Minha...

LER CONTO

Transei com a amiga da minha mãe

Oi meu nome Bernard (*) tenho 23 anos, sou alto, forte, moreno e a amiga da minha mãe chama Sandra(*) e elas trabalham juntas. Ela é uma morena magra, gostosa, peituda e tem 27 anos. Esse e um conto...

LER CONTO

Não resisti e sentei na rola do meu amigo

Bom... a história que vou contar hoje é real aconteceu há pouco tempo atrás... Olá meu nome é Daniela ( nome fictício ) tenho 21 anos, cabelo black, peitos fartos, nem magra nem gorda,...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 5 + 1 = ?
Deixe sua imaginação aflorar com os melhores contos eróticos reais do Brasil. Contos Picantes e Sensuais com textos bem formulados, com uma leitura fácil e agradável. São centenas de contos adultos grátis da melhor qualidade com fotos amadoras das histórias de sexo.
porno - xvideos - contos eroticos - contos eróticos - conto erotico - quadrinhos eroticos - contos de sexo - hentai - hentai porno
© 2021 - Contos eróticos → Contos Pornô com Histórias Reais de Sexo
error: