Noite de Loucuras: realizamos uma ménage

Publicado em outubro 27, 2020
1 vote

Felipe(*) passou os últimos três anos tentando me convencer. Devagar, fui entendendo a ideia, às vezes difícil de assimilar por nós mulheres, de que a aventura seria apenas diversão, nada mais.

Apesar de considerar extremamente excitante a fantasia de Sexo a três, estava ainda presa a pudores e receios. Casada há treze anos com um homem maravilhoso, companheiro e cúmplice, sempre me senti plenamente realizada no sexo. Sempre fizemos tudo o que dava vontade, temos muita confiança um no outro. Mas eu ainda pensava que a inclusão de um parceiro a mais numa transa poderia ficar apenas no campo da imaginação.

As conversas evoluíram, a vontade de realizar a fantasia foi aumentando, e Felipe nos cadastrou no sexlog. Depois de muita insistência do meu amado, acabei me rendendo a incluir fotos sensuais nossas, numa página onde antes apenas havíamos postado um convite a homens solteiros ou casais liberais que se interessassem por um encontro real e menage masculino.

Somos heteros, temos ambos 1,75m de altura, morenos claros. Logo nossas fotos começaram a receber comentários no log ( me encaixo no padrão de preferência nacional de bumbum grande) e candidatos foram surgindo…

Foi assim que conhecemos um rapaz bem interessante. Adotava o codinome de um famoso pirata, e a descrição de ser um rapaz alto, como eu gosto. Parecia bem nas fotos do log, que, porém revelavam pouco. Quando decidimos ter uma conversa com câmera pelo skype, pude ver detalhes que despertaram maior interesse. A conversa foi boa, combinamos uma saída juntos, nós três, para uma pizza, e se rolasse a química, quem sabe, poderíamos agendar a tão sonhada façanha do sexo a três.

Uma noite de loucura fazendo ménage a trois

Na data do encontro, senti a excitação aumentando a cada hora que passava. Nunca tinha feito algo assim… imagine, falar de coisas assim com um desconhecido! À noite me preparei para sair tentando me acalmar- vai ser uma conversa, só isso… dizia para mim mesma.

Felipe e eu fomos curtindo a breve viagem para o nosso encontro com o pirata. Rimos, ouvimos música, e, ao chegarmos ao ponto de encontro combinado ligamos para o amigo. Dez minutos depois  surge o carro prata em que ele disse que estaria.

Vi o rapaz descer do carro e vir até nós. Um moço alto, magro, bonito, ainda vestido com o uniforme de trabalho. Abri a porta do nosso carro, e desci. Vi seus olhos ( nossa, não tinha conseguido ver direito pela tela do computador…eram lindos olhos verdes!), e neles percebi uma certa surpresa: acho que ele me achou mais bonita do que ele imaginava. Abriu um sorriso simpático, e naquele momento estava quebrado o gelo.

Fomos os três para uma pequena a aconchegante pizzaria. Era uma terça à noite, o lugar estava quase vazio. Tínhamos o ambiente perfeito para uma conversa bem franca. O pirata era um tipo agradável, de conversa ótima. Logo Felipe e ele estavam falando e rindo alegremente sobre o pessoal do log, sobre coisas do trabalho, sobre futebol…. e eu aproveitava o clima de descontração para observar os dois e pensava: que sortuda eu seria de ter dois machos tão atraentes comigo na cama…

Eu sabia que , na conversa, sinais seriam dados e a informação teria que ser transmitida sobre a química… de minha parte a atração necessária já existia. Gostei do garotão de 30 e poucos, alto, magro, bonito e de boa conversa… e parecia que ele estava bem e à vontade conosco. Pizza já terminada, conversávamos sobre a nossa ideia de um encontro ideal, e como ele deveria ser. Nesse momento eu disse : acho que uma ida a um motel pra curtir a três deveria ser bem sem pressa, num dia em que ninguém tem nenhum compromisso depois. A resposta veio rápida: estou muito tranquilo hoje, começo a trabalhar só amanhã às 10 da manhã. Eu sorri, olhei para o Felipe – que ergueu a sobrancelha de modo significativo- e perguntei a nosso mais novo amigo: você está me provocando?

Ele então me encarou, olhou bem nos meus olhos e disse : Sim, estou louco pra realizar a fantasia de vocês…

O corpo fala, e responde rápido. A umidade que vinha sentindo durante a noite toda em minha tanguinha fio dental se converteu, em fração de segundos, numa calça jeans encharcada, numa excitação tamanha, como nunca sentira antes. Os dois homens me olhavam, a espera de uma resposta. O que eu pensei que seria apenas um encontro para conversar, estava se convertendo numa possibilidade de realizarmos, naquela noite mesmo, a nossa primeira vez a três!

Percebi a excitação fervendo e borbulhando nos olhos do meu marido. Tive naquele olhar a resposta, sabia o que ele estava pensando…por que deixar o momento passar?

A vida é uma só!

Deixei o desejo falar mais alto. Resolvi desfrutar do momento e do privilégio que estava tendo. Quando respondi que sim, nosso amigo pirata deu sinais de ansiedade. Pedimos a conta na pizzaria, e trinta segundos depois, ele se queixou de que a conta estava demorando demais… Felipe e eu rimos com cumplicidade, percebendo a pressa do rapaz!

Fomos para o carro. Disse a Felipe que gostaria de ficar no banco de trás com nosso amigo , para um breve aquecimento, a caminho do motel. Nós já tínhamos conversado sobre isso antes, e meu marido considerava essa situação bem excitante… ele sabia que depois teria uma atenção toda especial quando chegássemos ao nosso destino.

O pirata se surpreendeu um pouco com minha decisão de ir com ele atrás. Mas a surpresa aumentou ainda mais quando o agarrei e beijei sua boca com vontade!

A partir daí, o calor tomou conta de nós. Beijos, carícias…fui abrindo os botões da minha camisa, e aos poucos meus seios ficaram ao alcance do pirata, que avançou com as duas mãos, abaixou meu sutiã, e os colocou na boca com apetite voraz. Minhas mãos aí já percorriam a sua virilha, e abrindo o zíper de sua calça, liberei seu membro super ereto e pronto para ação. Que sensação! Tesão total!

Tinha na minha bolsa, alí ao lado, um tubo de lubrificante. Rapidamente o peguei, molhei com ele minhas mãos, e passei a acariciá-lo, enquanto ele lambia meus peitos, levando- me a gemer alto de prazer. Meu marido, dirigindo pela estrada escura, apenas ouvia, tentando ver o que se passava pelo retrovisor.

Logo chegamos ao motel, e enquanto nosso amigo tomava um banho, Felipe e eu tiramos nossas roupas, e apesar de ser numa fria noite de julho, a suíte começou a pegar fogo. Ao sair do banho, nosso amigo me viu de quatro, chupando meu marido que estava deitado na cama. Com minha mão direita, que estava livre, agarrei o pau do pirata, enquanto continuava chupando a delícia de marido que eu tenho… e a brincadeira começou.

Trocando posições, carinhos , beijos , lambidas e tudo o que tínhamos direito, passamos três horas naquela suíte de motel, e confesso, não vi as horas passarem. Era tanto tesão, tanto prazer, tudo foi tão natural e quente, que fica até difícil descrever. Parecia surreal ter dois machos ali, cada um com um dos meus seios na boca, e no momento seguinte um me comendo por trás enquanto eu chupava o outro… Loucura, luxúria, parecia que eu estava sonhando!

Ao final, vi os dois gatos gozarem muito. Mas a sensação que ficou para mim foi de que fui eu a que mais recebeu, mais aproveitou ….delirei, fui às estrelas várias vezes naquela madrugada quente.

Por fim o cansaço nos venceu, aos três, e ficou faltando uma cena muito desejada por mim e por Felipe que era a da dupla penetração, que acabou não rolando. Mas até por isso, o gostinho de quero mais é grande…

Acho que é por isso que a vida é tão boa. Nunca se sabe que loucura vamos fazer amanhã! A cada dia uma descoberta, a cada minuto uma surpresa…

(*) Nome fictício para preservar a identidade.

9587 views

Contos relacionados

Pegando a empregada bunduda de jeito

Fudendo o cuzinho da empregada bunduda no banheiro de casa ... Um verdadeiro tesão!

LER CONTO

Viagem com uma boa foda

Olá eu tenho trinta e dois anos, sou casada a doze anos e estamos em um momento meio crítico sexo já não é bom há muito tempo, não sei quando foi a última vez que senti um orgasmo com ele,...

LER CONTO

A mulher que me fez ser feliz na cama

Olá... vamos ao meu conto! Sou casado mas muito safado, minha mulher  não gosta de coisas diferentes na relação, só o básico. Ai que entra Taís (fictício), nos conhecemos no local que...

LER CONTO

Pegando um bronze

Para Os Sacanas, todo dia é dia de sol... Dona Maria e Aninha pegando um bronze e Carlinhos só de olhos nas duas de topless...

LER CONTO

Meu presente de aniversario: sexo com 4 pessoas

Ola. Meu nome eh Bianca(*) e eu resolvi escrever contos eróticos pois tenho algumas histórias que acredito que o mundo gostaria de conhecer. Primeiramente vou me apresentar, sou bem o estereotipo...

LER CONTO

Traindo com o dono da loja de automóveis

Olá! Tenho 39 anos, casada, uma filha, meu marido é um cara super legal, nos damos muito bem em todos os sentidos. Sempre que transamos, costumamos falar de fantasias, imaginar coisas, etc... ele...

LER CONTO

Dei até inchar a buceta

Olá, meu nome é Telma(*), tenho 50 anos e gosto muito de uma boa sacanagem. Tenho 1, 60 e 58 quilos, tenho cabelos loiros e pode-se dizer que sou uma falsa magra gostosa. A história que vou...

LER CONTO

Eu pedi pra minha mulher fazer

Esse não é um conto erótico, aqui enviei uma lista do que já pedir para minha mulher fazer. Minha mulher é linda e gostosa. Ela faz tudo que eu peço, só que ela precisa de um guia bem...

LER CONTO

Dando leitinho para esposa do amigo no motel

Sou Fábio(*) tenho 49 anos, empresário, olhos verdes, cabelos grisalhos, 1,79 m, 78 kg corpo normal. A esposa do meu amigo tem 25 anos, loirinha e branquinha, 50 kg, 1,55m, peitinhos pequenos e uma...

LER CONTO

1 - Comentário(s)

  • Marco 19/11/2020 15:46

    Adoraria conhecer vocês. Meu ZAP XXX

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 3 = ?
Deixe sua imaginação aflorar com os melhores contos eróticos reais do Brasil. Contos Picantes e Sensuais com textos bem formulados, com uma leitura fácil e agradável. São centenas de contos adultos grátis da melhor qualidade com fotos amadoras das histórias de sexo.
porno - xvideos - contos eroticos - contos eróticos - conto erotico - quadrinhos eroticos - contos de sexo - hentai - hentai porno
© 2022 - Contos eróticos → Contos Pornô com Histórias Reais de Sexo