Minha primeira transa

Publicado em agosto 24, 2021
1 vote

Olá…. tenho 28 anos, solteira, loira cabelos longos quase até a cintura, peitos durinhos e uma bundinha bem arrebitada. Empresária bem sucedida e independente.

Há seis meses conheci um cara. Um rapaz alto e muito elegante, também empresário.

Todos os finais de semana tinha alguma festa. Não tínhamos um tempo só para nós, até que ele resolveu tirar um final de semana só para nós dois. Então fomos até a marina e pegamos sua lancha e começamos a navegar.

Uns 40 minutos depois estávamos em um lugar paradisíaco. Estavamos bem próximo de uma ilhota, e ele desligou o motor.

Quando ouvi ele falar…. Vamos dar um mergulho.

Me virei e pude ver ele mergulhar nu. Levei um grande susto, fiquei sem saber o que fazer. Meia sem jeito coloquei meu biquíni e pulei na água. Não conseguia parar de pensar que ele estava ali nu ao meu lado apesar de não consegui ver nada.

Quando voltamos para o barco ele falou para que eu fosse primeiro, subi no barco e fui para dentro da cabine. Quando ele se aproximou já estava de bermuda mais sem camisa coisa que eu nunca tinha visto.

O terno escondia muito bem seu corpo. Pude notar seu físico bem definido, barriga de tanquinho e braços fortes.
Eu de biquíni com uma saída de praia quase transparente.

Então ele pegou um espumante e começamos a beber e a beliscar uns quitutes.

Não conseguia tirar da cabeça a cena dele mergulhando nu. Só pude ver suas costas mais ficou na mente, e imaginei o restante.

Quando ele foi pegar outro espumante parou atrás de mim beijou meu pescoço deixando sua língua tocar minha pele eu me arrepiei toda. Já estava escurecendo e a lua estava linda. Clariava o barco como se fosse dia. Apesar do barco ter luz, ele não acendeu.

Ele então me pegou e me deu um beijo me puxando pra perto dele como nunca tinha feito. Fiquei toda mole com aquele beijo, entrei num transe que quando voltei a mim estava sem o sutiã e ele beijava meus peitinhos. Fiquei sem ação.

Minha primeira transa foi maravilhosa e inesquecível

Sua mão percorria meu corpo apertando minha bundinha enquanto sua boca meus peitinhos. Sua outra mão foi percorrendo pela minha barriga até chegar a minha bucetinha. Senti um calor imenso.

Minha buceta começou a arder de tão quente que estava, então ele soltou o laço do meu biquíni deixando ele cair no chão. Eu estava ali nua na sua frente.

Aos poucos ele foi me levando para dentro até chegar na cama. Então virei para ele e disse:

-Sou virgem.

Ele na maior calma falou.

-Se você quiser vai continuar.

Nisso começou a abrir minhas pernas e começou a chupar minha bucetinha. Fiquei louca com aquilo.
Estava uma delícia, sentir sua língua brincando na minha bucetinha.

Depois de um tempo senti um calor muito grande e logo veio o gozo. Pela primeira vez eu gozava, e com sua língua ele sugou tudo.

Depois de um tempo deitou ao meu lado e disse.

-Agora é sua vez.

Eu sem saber direito o que fazer fiquei olhando para o seu pau admirando aquela beleza. Peguei e coloquei na boca começando a mamar. Era grande quente e muito gostoso, tinha a cabeça bem vermelha e algumas veias estavam bem aparentes.

Depois de um tempo pude sentir um jato quente em minha boca era ele gozando, encheu minha boca de leite e eu engoli tudo. Depois deitou ao meu lado, o dia já raiava e podia ver os primeiros raios do sol.

Usei seu braço como travesseiro e tive a impressão de ter cochilado um pouco. Quando acordei e fui pegar minha roupa ele não deixou e disse:

-Não precisa, só estamos os dois aqui.

E permanecemos os dois nus.

Realmente ali não tinha nada nem ninguém. Passamos o dia assim, pescamos tomamos banho de mar, sempre peladinhos.

A noite mais uma vez a luz da lua, ficamos alí tomando espumante e conversando até que recomeçou as carícias. Suas mãos começaram a percorrer meu corpo, e o calor voltou. Minha bucetinha ardia de tesão, seu pau mais uma vez, ficou duro como roxa. Não resisti e comecei a chupar feito louca. Enfiei o que deu na boca e mamei com vontade.

Suas mãos mais uma vez percorrendo todo meu corpo me deixando louca. Não resisti e falei:

-Me faz mulher.

Ele com todo cuidado e carinho me levou para a cama, jogou espumante em mim e começou a lamber. Sua língua percorreu todo meu corpo. Eu estava nas nuvens.

Quando ele se preparou pra me fazer mulher e encostou seu pau em mim, senti medo. Mais estava disposta a ser sua.
Quando ele começou a forçar a entrada apesar de eu estar bem molhadinha, parecia que ele estava enfiando uma faca em mim. Doeu muito mais deixei, afinal eu queria.

Quando a cabeça entrou eu senti como se estivesse me libertando de algo que já deveria ter feito a muito tempo.
Foi fabuloso sentir ele entrando e me fazendo mulher.

A dor era suportável e estava muito gostoso poder sentir seu pau lá dentro.

Ficamos assim por muito tempo. Ele dentro de mim indo e vindo, cada vez mais forte e fundo. Quando ele anunciou o gozo, pedi que gozasse na minha boca, afinal eu já tinha tomado uma vez. E mais uma vez, ele encheu minha boca de leite, chegou a escorrer um pouco pelo canto da minha boca.

Nesse dia fizemos mais duas vezes. Virei sua mulher!

Esse dia ficará para sempre na minha memória.

1390 views

Contos relacionados

Pegando a empregada bunduda de jeito

Fudendo o cuzinho da empregada bunduda no banheiro de casa ... Um verdadeiro tesão!

LER CONTO

O dia que descobri que minha esposa era uma puta

Eu sou gerente de uma firma prestadora de serviços.. prestamos serviços em varias modalidades. Uns dias antes do natal, como fazemos todos os anos, tivemos nossa confraternização de natal.. lá...

LER CONTO

Primeiro menage na casa de Swing

Oi então meu nome é Geraldo(*), o que vou contar aconteceu alguns anos atrás. A minha namorada, Lorena(*), ela tem olhos castanhos claros, tem um porte baixo (1,67m), fisicamente tem um corpo...

LER CONTO

Pegando um bronze

Para Os Sacanas, todo dia é dia de sol... Dona Maria e Aninha pegando um bronze e Carlinhos só de olhos nas duas de topless...

LER CONTO

Comi a esposa putinha com o corno olhando

Vou contar a vocês uma história de uma mulher casada e seu marido corno. Usarei nomes fictícios. Eu tenho 23 anos, sou magro, 1,75, loiro e tenho olhos claros. Certo dia estava em casa...

LER CONTO

Amante gostosa e seu cuzinho apertado

Olá tenho 39 anos, casado a 12 anos com uma mulher baixinha de 42 anos, loira, bunda grande, coxuda, muito gostosa. Trabalhamos na mesma empresa a muitos anos, nunca a trai, mais a uns 6 meses tudo...

LER CONTO

Orgia com a mulher safada do meu chefe

No ano passado, eu trabalhava em uma firma de exportação.... Meu chefe vivia de baixo astral. Um dia , cheguei nele e perguntei porque de tanto desanimo. E ele resolveu se abrir comigo. Me contou...

LER CONTO

Novinha liberando buceta e cu para garotão na frente do corninho

Pessoal, hoje quero contar uma coisa que aconteceu comigo, não posso negar meu desejo de ver uma namorada minha sendo comida por outro, todas que tive, me masturbava pensando em outros machos dotados...

LER CONTO

Comi a mulher do meu cunhado

Olá! Vou relatar um conto verídico.  Tudo aconteceu quando minha sogra teve um avc fui visita-la hospital no domingo a tarde. Ao chegar no hospital tava a mulher do meu cunhado, uma mulher alta,...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 1 = ?
Deixe sua imaginação aflorar com os melhores contos eróticos reais do Brasil. Contos Picantes e Sensuais com textos bem formulados, com uma leitura fácil e agradável. São centenas de contos adultos grátis da melhor qualidade com fotos amadoras das histórias de sexo.
porno - xvideos - contos eroticos - contos eróticos - conto erotico - quadrinhos eroticos - contos de sexo - hentai - hentai porno
© 2021 - Contos eróticos → Contos Pornô com Histórias Reais de Sexo
error: