Contos eróticos → Contos Pornô com Histórias Reais de Sexo » Contos Picantes » Meu patrão e minha patroa me comeram e realizaram minha fantasia

Meu patrão e minha patroa me comeram e realizaram minha fantasia

Publicado em dezembro 4, 2020
2 votes

Sempre tive fantasias do tipo ménage, ou lugares diferentes, coisas que lemos em contos mas nunca tive coragem. Depois de 8 anos de casada e duas crianças o Sexo papai e mamãe dentro de casa já nao satisfazia mais e sentia saudade de quando era solteira e era mais livre.

Casei muito cedo, sinto que devia ter aproveitado mais. Arranjei um emprego novo em um mercado perto de casa, o horário era ótimo eu entrava bem cedo pra ajudar a dona na padaria e depois ficava no balcão atendendo. A dona Cássia(*) era uma senhora simpática, uns 50 anos mas inteirona, gostava de malhar e sempre vinha com aquelas roupas apertadas trabalhar. Eu sempre comentava o quanto ela dava de 10 em muita mocinha por estar com tudo em cima. O marido João(*) era um senhor muito bonito, daqueles que se preocupam com a aparência e parece que acabou de sair de um filme de Hollywood. Nos primeiros dias nós mal nos falávamos mas depois de uma semana já estávamos brincando entre nós e eu me sentia em casa.

Sexo com meus patrões

Um dia Cássia não veio de manhã e me deixou assando os pães com o João. Ficamos lá no fundo organizando as coisas e conversando enquanto a padaria nao abria e quando eu fui passar com o cesto pelo corredor ele me deu passagem mas senti uma encoxada gostosa, fiquei sem graça e imaginei que tinha sido sem querer mas quando passei na volta empinei um pouco a bunda ( tenho bunda grande e peito pequeno) , e dessa vez ele encoxou com mais gosto consegui sentir o pau dele dentro da calça.

Na hora já fiquei doida de tesão e não sabia o que fazer, o espaço onde ficavam os fornos era pequeno e bem quente minha respiração estava ofegante e ele chegou bem perto por traz e falou:

– você devia tirar esse avental, aqui é muito quente..

Passou a mão na minha cintura e desamarrou meu avental, não aguentei ja amoleci e fiquei sem ar, ele colocou a mão por baixo da minha camiseta e foi roçando nos meus seios enquanto esfregava o pau na minha bunda. Eu gemia de prazer e por mais que achasse errado não conseguia parar de empinar a bunda pra ele enquanto minha bucetinha encharcava de tanto tesão.

Ele me virou de frente e colocou meus seios na boca, eles são pequenos e durinhos e ele mamava gostoso me fazendo gemer alto, a mão dele desceu e abriu minha calça e quando ele sentiu minha calcinha molhada ele não aguentou tirou minha calça me apoiou em uma mesa e já socou àquele pau grande e grosso, eu pirei de tanto tesão, estava tão envolvida que não vi a hora que a esposa dele entrou.

Fiquei gelada quando ouvi a voz dela, paralisei e já ia começar a pedir desculpa quando ela me mandou calar a boca, ele saiu pro lado e eu fiquei lá quase chorando sem calça olhando pra ela. Ela chegou bem perto de mim me olhou no olho e disse:

– não se explica, mas se ele gosta eu quero saber o porquê.

Fiquei sem entender ela chegou bem perto e já me tacou um beijo que fiquei sem reação, quando tentei empurrar ela enfiou dois dedos na minha buceta, fiquei sem ar, era uma mistura de prazer e medo que eu não sabia o que fazer.

O marido dela veio atrás de mim levantou minha blusa e falou pra ela:

– prova amor, olha que delícia.

Ela caiu de boca nos meus seios enquanto me tia os dedos bem gostoso em mim, não eram só dois já eram os 4 metendo e mexendo dentro de mim eu só não caia no chão pq o marido dela me segurava. Ele sentou em uma cadeira e me colocou no colo levantando minhas pernas e me arreganhou pra ela. Foi a melhor chupada da minha vida, eu gozei na boca dela como nunca havia gozado antes, eu gemia alto, gritava e enquanto ela me sugava ele apertava meus seios.

Quando eu já não tinha forças ela parou me encarou de novo e disse:

– por hoje chega, chupa ele até ele gozar e não deixa uma gota de porra cair no meu chão limpo.

Ela saiu, ele já enfiou o pau na minha boca e me fudeu mesmo que eu tentasse tirar a boca e me engasgava mas ele me segurou com força ate gozar. Quando ele encheu minha boca com a porra dele ele tampou minha boca e disse:

– engole! Ou vai se ver com ela depois.

Eu engoli. Levantei me troquei e trabalhei aquele dia como se nada tivesse acontecido. Trabalhei mais 2 anos la e coloquei a maior parte das minhas fantasias em pratica. Ate as que eu nem sabia que queria.

(*) Nome fictício para preservar a identidade dos envolvidos.

11565 views

Contos relacionados

Pegando um bronze

Para Os Sacanas, todo dia é dia de sol... Dona Maria e Aninha pegando um bronze e Carlinhos só de olhos nas duas de topless...

LER CONTO

Realizando o desejo de uma DP

O conto que irei relatar agora é verídico e demorou bastante tempo para ser realizado. Meu nome é Jéssica*, e a 3 anos atrás eu e meu namorado Fermando (Fê) realizamos um desejo de fazer um...

LER CONTO

Poder Prazer Sedução e Sexo

Sr. M. é o CEO de uma famosa multinacional, um homem cheio de poderes e responsabilidades, centenas de funcionários sob seu comando o tempo todo. Ele é conhecido nos ambientes sociais como sendo um...

LER CONTO

A mãe tarada e o filho nerd

A mamãe super tarada e o filho nerd vão ter uma boa trepada.. Ela está doida para tirar a virgindade do filho...

LER CONTO

Arregaçado pela Travesti Mulata Dotada

Ola... sou um cara de 30 anos, branco, olhos verdes, cabelo curto e corpo atlético. Sou casado, tenho filhos, me considero hetero, mas sempre tive interesse apenas sexual pelo sexo oposto, na...

LER CONTO

Minha esposa se vingando

Sou Breno,* já realizei várias fantasias de casais e casadas sozinhas. Tempo atrás minha esposa descobriu minhas aventuras, brigou se chateou e disse que ia se vingar, dias atrás estávamos...

LER CONTO

Passeio de jet-ski com a loira gostosa e transamos na ilha deserta

Era sábado de manhã, um dia de verão, daqueles bem quentes, eu tinha combinado com uns colegas de irmos até a praia e andar de jet ski, sempre era muito divertido e prazeroso, pois tinham diversas...

LER CONTO

Fiz uma coroa gordinha gozar

Oi me chamo Helder(*) na época tinha 28 anos. Sempre gostei de coroas ficava de pau duro só de olhar umas na rua. Uma vez uma coroa que era conhecida da família da minha irmã veio na casa dela...

LER CONTO

Comi a minha cliente

Olá! Me chamo Gabriel (nome fictício), vou contar como trazei com minha cliente. Sou moreno claro, 34 anos e casado, tenho um pequeno provedor de internet no meu bairro e dentre alguns clientes a...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 3 = ?
Deixe sua imaginação aflorar com os melhores contos eróticos reais do Brasil. Contos Picantes e Sensuais com textos bem formulados, com uma leitura fácil e agradável. São centenas de contos adultos grátis da melhor qualidade com fotos amadoras das histórias de sexo.
porno - xvideos - contos eroticos - contos eróticos - conto erotico - quadrinhos eroticos - contos de sexo - hentai - hentai porno
© 2021 - Contos eróticos → Contos Pornô com Histórias Reais de Sexo
error: