Meu cu arrombado no carro

Publicado em maio 8, 2022
0 votes

Esse conto aconteceu no último dia dos namorados.

Já a algum tempo que venho fazendo umas visitinhas ao motel com meu namorado regularmente.

Mais no último dia dos namorados foi diferente, fomos ao motel e não nós deixaram entrar pois estava lotado.

Do outro lado da rua tem um shopping, então resolvemos ficar no estacionamento observando a saída do motel, assim que saísse um casal iríamos para lá.

O tempo foi passando e nada, ninguém saía.

Ficamos por mais de uma hora esperando.

Como o tesão era grande começamos com umas carícias ali mesmo.

A coisa foi ficando séria e quando me dei conta estávamos na maior pegação.

Meu namorado então passou para o banco de trás, claro que eu também fui.

Ali ele começou a dedilhar minha bucetinha.

Era um pouco apertado mais íamos nos ajeitando como dava.

Quando me dei conta estávamos os dois nus.

Levei um baita susto quando algumas pessoas passaram ao lado do carro, mais me tranquilizei guando percebi que não dava pra ver nada dentro pois o carro tem os vidros bem escuros.

Isso me deu mais tesão.

Como era um pouco apertado resolvi ficar de quatro e ele aproveitou e socou forte na minha bucetinha.

Toda vez que passava alguém perto do carro eu sentia mais tesão.

Dei o cu dentro do carro e senti muito tesão

Foi quando de repente ele enfiou um dedo no meu rabinho.

Soltei um grito de prazer e gozei outra vez.

Nunca tinha dado meu rabinho, ele era virgem.

Mais estava tão bom que fui deixando.

Toda vez que ele tirava o dedo e recolocava eu soltava um gemido.

Quando ele encostou a cabeça bem na portinha e começou a forçar eu gelei.

Podia sentir meu rabinho se abrindo e minhas pregas cedendo.

Comecei então a mover o quadril para evitar mais foi pior, logo a cabeça entrou e eu soltei um grito pois a dor era muito forte.

Fiquei pensando em como meu rabinho deveria estar.

Então ele começou a molhar a mão na minha bucetinha e passar no rabinho lubrificando ele.

Assim foi entrando bem devagar e arregaçando minhas pregas.

Quando senti seu saco bater na minha bucetinha soube que estava todo dentro.

Minha bunda doía e ardia mais confesso que estava muito bom.

A todo momento passava alguém próximo ao carro o que me dava mais tesão.

Quando ele começou no vai e vem senti um prazer tão grande que gozei outra vez.

Assim que senti ele encher meu rabinho de leite foi uma satisfação.

Hoje toda vez que saímos pra transar tenho que dar meu rabinho pra ele.

Acostumei.

2 views

Contos relacionados

Coroa dando o cu e gemendo igual vagabunda!

Você precisa ver Coroa dando o cu e gemendo igual vagabunda!

LER CONTO

Prazer em ver a esposa gozada

Olá, me chamo Pedro (fictício), o que vou relatar é realmente verídico. Uma certa relação estranha aconteceu comigo e com uma dita mulher que era novata no bairro em que eu morava, essa...

LER CONTO

Prazer em dobro, sonho realizado com 2 mulheres

Olá me chamo Bruno (nome fictício), vou relatar como realizei meu sonho de sair com duas mulheres. Conheci a Fernanda (fictício) e a Ingrid ( fictício) nas redes sociais, sai com a Ingrid na...

LER CONTO

Dando a buceta ao moto boy do delivery

Oi, tenho 28 anos e sou casada. Bom, vou relatar algo que aconteceu comigo algum tempo atrás, aconteceu pela primeira... fiz um pedido de um lanche tarde da noite por volta 22h por ai, veio um rapaz...

LER CONTO

Traindo a esposa com a empregada gostosa

A empregada gostosa chamou atenção do patrão e ele vai trair a esposa com ela..

LER CONTO

Primeira brincadeira na webcam xvideos

Minha descoberta por webcam surgiu quando tinha 18 anos. Sempre conversava com uma amiga moreninha pelo MSN da cidade vizinha e achava ela uma gatinha... Bundinha grande, lábios grossos e...

LER CONTO

Traindo e curtindo um sexo como jamais havia vivenciado

Olá! Feliz em voltar para mais um conto após tantos elogios e feedbacks positivos! Para quem não me conhece, tenho 27 anos, morena cor de jambo,  cabelos escuros, lisos (levemente ondulados) e...

LER CONTO

Primeira vez da minha esposa fodendo com outro homem

Olá pessoal meu nome é Hebert(*) e minha esposa Vanusa(*) . Somos casados a 18 anos e sempre a imaginei dando para outros homens. Ela tem 37 anos, gordinha (mas cheinha por completo), branca,...

LER CONTO

Transei com a amiga virgem da minha ex

Olá pessoal! Tenho 18 anos sou solteiro, magro (70kg), 1,70 de altura e um pau de mediano (17cm) moro em uma cidade pequena e esse conto tá fresquinho aconteceu recentemente. Há um tempo atrás...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 2 = ?
Deixe sua imaginação aflorar com os melhores contos eróticos reais do Brasil. Contos Picantes e Sensuais com textos bem formulados, com uma leitura fácil e agradável. São centenas de contos adultos grátis da melhor qualidade com fotos amadoras das histórias de sexo.
porno - xvideos - contos eroticos - contos eróticos - conto erotico - quadrinhos eroticos - contos de sexo - hentai - hentai porno
© 2022 - Contos eróticos → Contos Pornô com Histórias Reais de Sexo