Fui seduzido e dei o cuzinho

Publicado em outubro 23, 2020
1 vote

Vou contar aqui uma aventura que vivi a quase dois anos…

Vamos lá…

Sou homem, casado portanto discreto…

Numa sexta feira muito quente, por volta dás 16:30 hs, saindo do trabalho, eu me encontrava no ponto para pegar o ônibus, e quando fui embarcar, naquele tumultuo, dei passagem para uma mulher subir na minha frente…até aí normal…e quando embarquei, um cara mais baixo do que eu, porém forte, de 56 anos, chamado Antônio (*), que até então eu não conhecia, puxou papo comigo, e elogiou minha atitude para com a moça, e elogiou a beleza dela também…e entrou nesses assuntos de casamento, Sexo, porém de maneira bem reservada, afinal estávamos dentro de um ônibus razoavelmente cheio, e eu não estava confortável com o assunto, e com ele.

Fui seduzido, gostei e liberei o cuzinho

Passei a catraca, pois o coletivo ficava cada vez mais cheio, e ele veio junto, sempre que tinha uma movimentação de pessoas ele não perdia a oportunidade de me dar uma encochada, e ao descer ele aproveitou me encochou até a porta sem vergonha nenhuma. Quando desci, ele também desceu, e quando eu olhei para ele, notei o enorme volume na sua calça, duro como rocha, ele percebeu que eu vi e me pediu desculpas humildemente, me chamou para tomarmos uma cerveja…e e aceitei, apesar de não beber… estava curioso sobre aquela situação.

Sentamos e conversamos, parecia que eu o conhecia a tempos, ele novamente se desculpou pelo que fez no ônibus, me elogiava muito, e eu contei coisas para esse homem sobre minha infância, sobre meus desejos, sobre troca-troca, sobre meus medos e fantasias, em fim…depois de umas cervejas e um bom bapo eu já estava entregue, apenas esperando ser abatido…rs, e para minha surpresa ele não fez o convite, fomos até o ponto, peguei o ônibus, esperando que ele viesse…rs, mas ele não veio…não trocamos telefone nem nada, fiquei desesperado e pensei que não ia mais velo.

Fiquei pensando nisso a noite inteira, arrependido por não ter tomado a iniciativa, e o pior, louco de tesão, trabalhei no sábado, e ao término do expediente tomei banho, passei creme no corpo e perfume, na esperança de encontrá-lo, porém nada.

Dando o cuzinho

Na segunda feira repeti o banho caprichado, o creme e o perfume, subi para o ponto nervoso…parecendo uma adolescente apaixonada…olhava de um lado para o outro e nada, perdi dois ônibus…rs, quando de repente ouço no pé do ouvido um “oi” com uma voz grave, máscula…era ele.

Ele logo elogiou o perfume, notou toda minha euforia em vê-lo…rs, me chamou de canto, abriu a mochila e me mostrou uma linda lingerie, e disse que era para mim, pois eu o havia dito naquele dia que adoraria me vestir de mulher, passar baton e tals…rs.

Naquele dia ele estava de carro, me levou para um motel, e lá ficamos durante três horas, gozei a primeira vez quando ele chupou meu cú…que delícia, foi uma surpresa pois não tínhamos conversado sobre isso…foi carinhoso introduziu o dedo primeiro e foi me acalmando, me penetrou primeiro com carinho, pouco a pouco, e depois batia até as bolas com força na minha bunda, e eu gemia e gritava feito uma puta, fez todas as minha vontades, me comeu na cama, no chuveiro, dentro do carro, fora do carro…chupei muito a sua rola, porém não deixei gozar nenhuma vez dentro da minha boca. eu gozei quatro vezes, ele seis…rs. foi o melhor sexo que eu fiz na vida.

No outro dia, de novo no ponto, eu o vi novamente, e daí dei conta que ele também trabalhava por ali…então fiquei com vergonha, mas fui cumprimentá-lo, e perguntei onde ele trabalhava, e ele me falou e me levou para mostrar.

Chegando no local entramos, era uma construção, ele me mostrou tudo e me levou pro vestiário (improvisado) onde o pessoal tomava banho, tirou minha roupa e estava me comendo de novo, quando chegaram mais dois homens…me assustei, o pau murchou na hora, fiquei em choque…e mais uma vez o Antônio e sua sutileza me acalmaram… ele disse que aqueles homens sabiam de tudo, e queriam participar, se eu permitisse é claro, disse que eram tranquilos, de confiança e eles logo também se aproximaram e se apresentaram, depois de alguma conversa, e eu já com fama de puta liberei para os três…foi excitante…mais duas horas de brincadeira…rs.

Por fim, durante pouco mais de três semanas, tempo que eles permaneceram por lá até finalizar a obra, eu estive lá todos os dias, exceto sábados domingos e feriados, e dei pra quase todos amigos dele também, (que também não eram tantos), mas não me lembro o numero exato, depois cada um pro seu lado e só saudades…rs

(*) Nome fictício.

6503 views
Gay

Contos relacionados

Pegando a empregada bunduda de jeito

Fudendo o cuzinho da empregada bunduda no banheiro de casa ... Um verdadeiro tesão!

LER CONTO

Chupando umas rolas na sauna

Já tinha ido algumas vezes na sauna, chupei vários, mas nunca tinha tomado gozada na boca em sauna. Já curto chupar uma rola há bastante tempo mas só há uns 3 meses experimentei tomar uma...

LER CONTO

Virei garota por uma noite

Ola! Vou contar aqui um episodio real que aconteceu comigo quando eu tinha 21 anos. Esse é meu primeiro conto. Espero que gostem. Boa leitura! Sou magro, atlético e bastante curioso. Mesmo depois...

LER CONTO

Pegando um bronze

Para Os Sacanas, todo dia é dia de sol... Dona Maria e Aninha pegando um bronze e Carlinhos só de olhos nas duas de topless...

LER CONTO

Transando gostoso no banheiro do clube

E eu com meus 18 anos já tinha alguma experiência na minha bissexualidade!!! Primeiro, minhas relações tinham sido com um colega da faculdade, depois com meu amigo do bairro. Fui ficando mais...

LER CONTO

Um homem de 40 virou cdzinha de 20 e me deu muito tesão

Isso aconteceu já fazem alguns uns anos. Conheci uma pessoa em um evento corporativo bem interessante, descendente de oriental, casado com sua esposa junto os dois bem apresentados e interessantes,...

LER CONTO

Punheta irmão com irmão

Meu irmão era mais novo que eu, mais muito safado e quando ia dormir sempre tocava uma punheta. Era viciado em punheta e eu sempre olhava e claro, quando ele gozava era algo incrível, muita porra, e...

LER CONTO

Corno bissexual obedece o malvadão

Eu sou um cara que gosta de realizar fantasias das pessoas, gosto muito de putaria e vou contar da vez que fui comer a esposinha de um corno bi. A gente se conheceu por um desses aplicativos de...

LER CONTO

Transei com meu melhor amigo

Essa história é real e aconteceu comigo e o meu melhor amigo,  que eu já desconfiava que era gay. Somos amigos já faz muitos anos, temos a mesma idade, 1 mês de diferença, eu mais novo. Na...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 5 = ?
Deixe sua imaginação aflorar com os melhores contos eróticos reais do Brasil. Contos Picantes e Sensuais com textos bem formulados, com uma leitura fácil e agradável. São centenas de contos adultos grátis da melhor qualidade com fotos amadoras das histórias de sexo.
porno - xvideos - contos eroticos - contos eróticos - conto erotico - quadrinhos eroticos - contos de sexo - hentai - hentai porno
© 2021 - Contos eróticos → Contos Pornô com Histórias Reais de Sexo