Contos eróticos - Contos Pornô com Histórias Reais » Porno » Comi a gostosa no primeiro encontro

Comi a gostosa no primeiro encontro

Publicado em novembro 18, 2020
0 votes

Meu nome é Maurício (nome fictício). Sou branco, alto e do cabelo liso, média estatura e consideravelmente gostoso, um dia conheci Cecília(nome fictício ) uma baixinha, gostosa, do cabelo liso, dos peitos não tão fartos, mas com uma cintura fina e bunda grande.

Tínhamos uma amiga em comum e a partir daí conheci ela, conversa vai e conversa vem ela me deu brechas pra eu entrar em assuntos quentes. Um dia marcamos de nos ver, fomos pra minha casa, ela estava com um vestido colado que marcava bem suas curvas, começamos só nos beijos, beijos lentos que foram ficando quentes, ela sentou no meu colo e começou a dançar funk ao ritmo da música que estava tocando, a cada rebolada dela meu pau dava sinais de ereção, quando não resisti mais de tesao, levantei o vestido dela e pude ver aquele bunda gostosa em minha frente.

Um foda maravilhosa no primeiro encontro

Não esperei mais nada e comecei à acariciar, peguei em sua buceta por cima da calcinha e estava muito molhada, isso me deixou com muito mais tesão, tirei sua calcinha e comecei enfiando dois dedos e ela começou com uns gemidos abafados, cai de boca, ela estava tão molhadinha, passei minha língua por toda sua bucetinha, ela já estava rebolando em minha boca de prazer, ela se contorcia toda é aquele gemido era o meu impulso pra chupar mais aquela bucetinha.

Não demorou muito e ela gozou na minha boca, continuei a chupa-la e logo depois ela começou o oral mim, eu sentia cada centímetro do meu pau entrando e saindo da boca dela, aqueles lábios carnudos e macios fizeram com que eu logo gozasse, gozei na boca dela e ela fez questão de mostrar que engoliria tudo, o que me deixou doido para começar a penetra-la.

Sua buceta era tão apertadinha, enfiei com cuidado, comecei com movimentos lentos, mas logo ela pediu para ir mais rápido e a voz dela ecoando em meio aos seus gemidos me deixou louco, fui mais rápido e comecei a chupar e lamber seus peitos e ela estava gemendo alto, e depois de 1:30 de transa intensa, gozamos várias vezes e trocamos carinho até dormir.

Conversamos até hoje, nós encontramos 1 vez por semana para realizar nossos desejos. Espero poder comer o cuzinho dela, afinal adoro Sexo anal.

769 views

Contos relacionados

Pegando um bronze

Para Os Sacanas, todo dia é dia de sol... Dona Maria e Aninha pegando um bronze e Carlinhos só de olhos nas duas de topless...

LER CONTO

Transando gostoso com um colega de trabalho

Meu nome é Amanda (fictício). Tenho 26 anos, mais na época eu tinha 21 anos, tinha me separado pois casei nova mais, não deu certo. Mesmo no tempo de casada tinha uma colega de trabalho Lucas...

LER CONTO

Sou a puta que meu padastro merece

Me chamo, Tarsila (fictício) tenho 25 anos moro com minha mãe e o meu padrasto Anderson (fictício), um homem de 52 anos. Sou mediana, branca e sempre tive um corpão pra pouca idade.  Minha...

LER CONTO

Motorista indeciso terminou comendo meu cu gay

Olá vou contar como tudo aconteceu numa viagem de ônibus. Numa de minhas viagens a trabalho,  fui sorteado com uma poltrona bem na frente do ônibus, e na poltrona ao lado não tinha ninguém,...

LER CONTO

A mãe tarada e o filho nerd

A mamãe super tarada e o filho nerd vão ter uma boa trepada.. Ela está doida para tirar a virgindade do filho...

LER CONTO

Vingança da esposa putinha

Sou Lua (fictício) e sempre fui uma boa garota: casei com o primeiro e único namorado aos 20 anos, pura e virgem. Trabalhava, estudava, cuidava do marido e da casa e nunca dei confiança para outros...

LER CONTO

Minha primeira vez no menage

Me chamo Ana* 1,60m, cabelos loiros, 50 anos, digamos que tenho um corpo bonito para minha idade. Meu namorado se chama Julio*, 1,70m, algumas tatuagens, uma língua maravilhosa que sabe trabalhar...

LER CONTO

Safada da coroa gostosa liberou o cu para eu lascar

Já falei em outros contos, sou divorciado, tenho 56 anos, não sou o tipo de coroa que chama a atenção das mulheres por onde passa, mas também não sou de se jogar fora, não sou gordo e nem tenho...

LER CONTO

Matando a saudade da minha puta

Havíamos terminado há meses. Eu não podia negar que sentia sua falta. Instalei apps de relacionamento, conversei com outras garotas, até fiquei com uma delas, mas nada comparado ao que eu tinha...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 5 + 3 = ?
Deixe sua imaginação aflorar com os melhores contos eróticos reais do Brasil. Contos Picantes e Sensuais com textos bem formulados, com uma leitura fácil e agradável. São centenas de contos adultos grátis da melhor qualidade com fotos amadoras das histórias de sexo.
porno - xvideos - contos eroticos - contos eróticos - conto erotico - quadrinhos eroticos - contos de sexo - hentai - hentai porno
© 2020 - Contos eróticos – Contos Pornô com Histórias Reais
error: