A primeira vez a gente nunca se esquece

Publicado em agosto 13, 2021
1 vote

Somos um casal recém formado, e diga-se de passagem extremamente safados…

Nos encontramos a primeira vez em frente a rodoviária da minha cidade, e claro estava louca de tesão, porém imaginava que nem iria rolar motel pois bem nesse dia a menstruação chegou, na minha cabeça aquilo era o fim da picada… Mas pra ele não!

Quando ele chegou o abracei e logo senti um perfume gostoso, já estava louca pra ver o que iria acontecer então sem cerimônia o beijei puxando seus braços para minha cintura, senti o calor do corpo dele contra o meu, o que me fez arrepiar, e querer ainda mais o fim daquela noite num quarto de motel.

E assim foi, decidimos que era pra lá que iríamos. A gente precisava de um pouco mais de privacidade. Eu estava de salto alto, vestido preto e uma calcinha vermelha do jeito que ele pediu. Fomos de Uber, as vezes percebia o motorista olhar pelo retrovisor interno, acho que ele nos imaginava dois pervertidos… E quer saber, ele estava certo!

Na realidade não havia outra coisa que eu queria naquele momento que não for dar de quatro pra aquele cara.

A primeira transa a gente nunca esquece

Subimos para o quarto tranquei a porta e nos beijamos com desejo, com tesão… Ele se afastou para providenciar que o quarto ficasse num clima apropriado para o que íamos fazer. Desci do salto, e fui ao banheiro para me aprontar também, quando voltei deitamos um ao lado do outro e ficamos conversando, de repente ele começou a me beijar e deslizar a mão pelo meu corpo arrepiado cada vez mais de tanto tesão, estava apenas de calcinha me sentei em cima dele que ainda estava de calça e cinto, eu o beijava e sentia seu pau duro embaixo de mim roçando minha buceta ainda protegida pelo tecido da pequena peça vermelha que eu usava.

Com a desculpa mais esfarrapada do universo de que o cinto estava me incomodando resolvi por conta própria tirar o cinto, a calça e de quebra a cueca dele, quando o vi totalmente nu e de pau duro como estava não resisti e comecei o chupar com vontade, e que delícia era ter aquele pau todo dentro da minha boca…

Como era a primeira vez, começamos com o básico papai e mamãe, ele socava o pau dele do jeito que eu gosto, com firmeza e um pouco de grosseria queria ele cada vez mais dentro da minha buceta.

Fiquei de quatro pra ele no meio da cama pedi que se ajoelhasse atrás de mim e metesse seu pau com força em minha buceta até que um de nós dois gozassemos, e assim foi uma delícia.

Resolvi então ficar de quatro escorada na cabeceira da cama totalmente entregue ao homem que estava me comendo naquele momento, me sentia totalmente entregue a ele … Sentia o seu pau entrando na minha buceta e saindo freneticamente. Cheguei ao ponto de gozar mas consegui controlar, e ele bombando com força até que a segunda vez deixei meu corpo se levar pela intensidade e explodi em um orgasmo tão intenso que se ele não me segurasse eu não conseguiria me sustentar de quatro, e sim, eu caí em seus braços, trêmula, entregue, me senti uma garota que acabara de ter experimentado a coisa mais gostosa do universo.

Com as forças recuperadas, fomos para um merecido banho e depois cada um pra sua casa… Confesso que depois de uma noite tão intensa tive um sono maravilhoso!

1725 views

Contos relacionados

Pegando a empregada bunduda de jeito

Fudendo o cuzinho da empregada bunduda no banheiro de casa ... Um verdadeiro tesão!

LER CONTO

Sexo com o vizinho

Sou Luane (nome fictício) tenho 18 anos, 1,70 e um pouco gordinha, seios fartos, ele se chama Pedro (nome fictício), 19 anos, um negão lindo e bem dotado. Fomos criados juntos, no ensino médio...

LER CONTO

Uma foda com a colega do trabalho

Trabalho em uma empresa e sempre tive tesão pelas minhas colegas de trabalho, inclusive já tive vários relacionamentos aqui, mas entre muitos sempre tem os que mais marcam, seja pela mulher ou pelo...

LER CONTO

Comi a coroa rabuda da minha rua sedenta por sexo

Olá pessoal!  Vou falar meu nome é Joaquim (fictício), tenho 26 anos e esse fato aconteceu comigo. Quando avistei uma vizinha coroa com a bunda maior que eu já vi, bem redondinha uma delícia,...

LER CONTO

Pegando um bronze

Para Os Sacanas, todo dia é dia de sol... Dona Maria e Aninha pegando um bronze e Carlinhos só de olhos nas duas de topless...

LER CONTO

Putinha dando o cu à três machos

Ola, atualmente tenho 35 anos. Eu sou alta, tenho 1.90, cabelos castanhos compridos, seios grandes, magra, pernas grossas e um bumbum grande e guloso. Além disso, tenho duas tatuagens, uma com uma...

LER CONTO

Encoxando a gostosinha do Metrô

Isso aconteceu de fato e de forma consensual. Esse fato aconteceu a uns 4 anos atrás, mas antes de começar me descrever rapidamente. Sou Japa, tenho 1,78 e peso 80kg e minha idade é 36 anos,...

LER CONTO

Tesão em usar calcinhas

Bem... tenho 25 anos e minha historia começa a uns 03 anos atras, quando fui na casa de uma vizinha, ela morava a na terceira casa depois da minha, era uma mulher de uns 38 anos, loira não muito...

LER CONTO

Comi minha enteada

Bom me chamo Miguel(*), tenho 34 anos e a minha esposa 38 ela tem uma filha, hoje com 19 anos. Hoje tenho 8 anos de casado mas sempre respeite a filha Milena (*), mas quando ela estava prestes a fazer...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 3 = ?
Deixe sua imaginação aflorar com os melhores contos eróticos reais do Brasil. Contos Picantes e Sensuais com textos bem formulados, com uma leitura fácil e agradável. São centenas de contos adultos grátis da melhor qualidade com fotos amadoras das histórias de sexo.
porno - xvideos - contos eroticos - contos eróticos - conto erotico - quadrinhos eroticos - contos de sexo - hentai - hentai porno
© 2022 - Contos eróticos → Contos Pornô com Histórias Reais de Sexo